Nova sede de projeto para reabilitação de mulheres dependentes químicas é inaugurada em Botucatu

prefeitura-inaugura-nova-sede-de-projeto-para-reabilitacao-de-mulheres-dependentes-quimicas-foto-andreia-seullner-13Na última quarta-feira (21), foi realizada a inauguração das novas instalações do projeto “Missão Ágape – Resgate Feminino”. Trata-se de uma comunidade terapêutica voltada à reabilitação de mulheres em situação de dependência química.

Participaram do evento o prefeito João Cury Neto; secretário de Políticas de Inclusão, Paulo Malagutte; secretária de Assistência Social, Amélia Maria Sibar; secretária de Educação, Edileine Herinque; diretora da Drads de Botucatu; Sueli Tamelini; coordenador administrativo do Instituto Ruach, Roberto Eduardo dos Santos e a coordenadora da Comunidade Terapêutica Feminina – Missão Ágape, Ana Maria Pellison.

As atividades do projeto, antes desenvolvidas em um imóvel na Vila Contin [região central], agora passam a ser conduzidas em um novo espaço, cedido pelo Poder Público Municipal, localizado na Rua Pedro Delmanto, nº763 – Jardim Paraíso, região norte da Cidade. O Instituto Ruach é a entidade que ficou responsável pela administração do local.

prefeitura-inaugura-nova-sede-de-projeto-para-reabilitacao-de-mulheres-dependentes-quimicas-foto-andreia-seullner-12O novo imóvel de 350m² é dotado de quatro quartos [com capacidade máxima para 18 mulheres], banheiros, refeitório, salas para atendimento e convívio, escritório, sala de artesanato, entre outros espaços. O tempo máximo de permanência é de sete meses. Além de demanda espontânea, o projeto recebe encaminhamentos da Secretaria Municipal da Saúde e do Sarad (Serviço de Atendimento Referência Álcool e Drogas). A parceria com o Poder Público Municipal permitirá ainda o repasse de R$ 12,6 mil até  o fim deste ano para a manutenção do projeto.

De acordo com Ana Maria Pellison, uma das coordenadoras do Missão Ágape, o projeto já atendeu 40 mulheres de diferentes idades e condições financeiras. “Geralmente são mulheres com famílias desestruturadas, algumas inclusive moradoras de rua. Aqui essas pessoas recebem todo o apoio para que sejam reinseridas à sociedade. São oferecidos serviços de psicologia, enfermagem e até mesmo oficinas de costura que podem ajudar essa mulher a manter uma atividade profissional digna”, informa.

prefeitura-inaugura-nova-sede-de-projeto-para-reabilitacao-de-mulheres-dependentes-quimicas-foto-andreia-seullner-2Para o secretário municipal de Políticas de Inclusão, Paulo Malagutte, o Missão Ágape vem de encontro a uma realidade que cada vez mais assola o País: a dependência química feminina. “Infelizmente colecionamos casos de mulheres dependentes sujeitas a vários tipos de riscos sociais. Muitas vezes colocadas à margem dos atendimentos convencionais do sistema de saúde, acarretando danos à sua integridade, e de sua família. Por isso, a Prefeitura agora passar a apoiar mais este projeto pioneiro com o objetivo de diminuir o número de mulheres vivendo em situação de exclusão e risco social”, argumenta.

“Em nosso governo, construímos o Sarad que é modelo para todo o Brasil. Nele é realizado o atendimento médico especializado aos dependentes químicos. Ele foi uma primeira etapa do processo e este novo espaço vem para dar continuidade no que o sistema estava necessitando. É fundamental fazer o restabelecimento dessas mulheres e aqui será feito este trabalho com um olhar especial para todas as necessidades delas e para inseri-las novamente na sociedade e no mercado de trabalho com atividades de psicologia, artesanato, empreendimento e também espiritual”, salientou o prefeito João Cury Neto.

Sobre o Instituto Ruach

prefeitura-inaugura-nova-sede-de-projeto-para-reabilitacao-de-mulheres-dependentes-quimicas-foto-andreia-seullner-1O Instituto Ruach é uma organização não-governamental que mantem parceria com a Prefeitura de Botucatu desde 2009. A entidade já recebe recursos do Poder Público para a manutenção do Desafio Jovem, no Distrito de Anhumas [reabilitação de dependentes químicos – masculina adulta]; além da Casa do Adolescente Manaim, Núcleo de Atendimento Inicial [voltado a jovens infratores], e dois Centros de Educação Infantil localizados no Distrito de Rubião Júnior.

Serviço

Projeto “Missão Ágape – Resgate Feminino”

Rua Pedro Delmanto, nº763 – Jardim Paraíso