Nova rotatória recebe os serviços de pavimentação

Neste final de semana (sábado e domingo) foi necessária a interdição do trecho onde os operários e as máquinas da empresa Fortpav concentraram os trabalhos para que houvesse a pavimentação das pistas nos dois sentidos da rotatória na Avenida Dante Delmanto.

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semutran) definiu que no sábado (30) fosse interditado o trecho para os motoristas que vieram da Rodovia Marechal Rondon e ao passarem a base da Polícia Rodoviária optassem pelo acesso a Botucatu pela avenida Dante Delmanto, sentido Vila dos Lavradores. Com isso, quem adentrou à Cidade por aquele setor teve como opção seguir em frente pela Rodovia Marechal Rondon e assim que passaram pelo viaduto acessaram a alça à direita e seguiram pela Rua Campos Salles.

Já no domingo, a interdição aconteceu no sentido contrário. Os motoristas que deixaram a cidade pela Rodovia Marechal Rondon, sentido Bauru ou acessaram a Rodovia Castelo Branco tiveram como opções as avenidas Vital Brazil e Dom Lúcio. Os serviços de pavimentação  da rotatória impediram que veículos circulassem pelo local. 

Após a pavimentação, a empresa executou a sinalização de solo e a Semutran já se prepara para a confecção das placas que comporão a sinalização vertical. Além disso, a nova rotatória também ganhará paisagismo. A Prefeitura ainda aguarda que a CPFL providencie a retirada de dois postes de energia elétrica. 

O novo dispositivo organizará a distribuição do trânsito nas imediações do Distrito Industrial 1 e, futuramente, garantirá acesso rápido e seguro ao AME (Ambulatório Médico de Especialidades) e ao Centro de Recuperação Lucy Montoro, que estão em fase de instalação nas antigas dependências da Brashidro. O custo total da obra é de R$ 332.736,91, fruto de convênio entre a Prefeitura de Botucatu e Governo Federal.