Motociclistas colocam pedestres em risco em passarela na Castelinho

castelinho-4 (Copy)A reportagem do Acontece Botucatu recebeu uma grave denúncia de usuários de uma passarela de pedestres sobre a rodovia João Hipólito Martins, a Castelinho. A passagem liga os bairros Vila Real e Parque Marajoara. Um morador, que pediu para não ter a identidade revelada, enviou à redação duas fotos de flagrantes de motociclistas usando o local que é exclusivo para pedestres. O apelo do morador é para que haja mais fiscalização no local.

“Todo dia várias motos cruzam a passarela. Quase fui atropelado na semana passada. Eles passam de manhã, correndo, bem na hora em que as crianças estão indo para a escola. É uma falta de respeito, ali foi feito para nós nos protegermos de veículos, mas estão invadindo nosso espaço e acidentes vão acontecer, pois eles passam correndo para não serem vistos, aí nós temos que encostar no canto para eles passarem”, relatou o morador.

moto-passarela-capa

A reportagem entrou em contato com a concessionária que administra a SP-209, a Castelinho. Em nota, a assessoria de imprensa informou que a estrutura adequada para fazer o bloqueio de motos já foi implementada na passarela, porém, houve caso de vandalismo. “A concessionária está fazendo o necessário para que ocorra a devida reposição do dispositivo. A Concessionária também administra ações educativas para o uso devido e seguro da passarela, como a ação “Café na Passarela” que acontece em duas passarelas do trecho de concessão todos os meses, onde os usuários são abordados pela equipe da concessionária para sanar as dúvidas de como utilizar a passarela”, explicou a empresa.

Além de colocar em risco a segurança dos pedestres, o motociclista que insistir em transitar pelo local podem ser multados. A multa nesse caso é gravíssima e o valor é de R$ 293,47.