Lago artificial da Praça Brasil-Japão é recuperado

A Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Obras, começou a executar serviços de recuperação do lago artificial da Praça Brasil-Japão. O sistema hidráulico foi totalmente recuperado e no momento é realizado o assentamento de pastilhas de azulejo, nas cores azul e vermelho.

“São cerca de 600 m² de revestimento do lago artificial, que recebeu uma atenção especial quanto a sua impermeabilização. Também já realizamos testes com o novo sistema hidráulico que permitirá jogar jatos d’água por cima das pontes que passam sobre o lago, criando um efeito ainda mais bonito. Assim que o lago estiver reformado faremos a soltura de novos peixes ornamentais”, informa o secretário municipal de Obras, André Peres.

Além do lago artificial, a Praça Brasil-Japão ganhará novas lixeiras, reforço no sistema de iluminação e pintura, construção de rampas de acessibilidade, entre outras melhorias que têm sido adotadas como padrão em outras praças recuperadas pela Secretaria Municipal de Obras.

“Nossa intenção é entregar a reforma da Praça Brasil-Japão até o fim deste ano, juntamente com a Praça Rubião Júnior, no Centro da Cidade, onde também estamos fazendo um serviço diferenciado, visando o bem estar da população que utiliza destes espaços para os momentos de lazer com famílias e amigos”, ressalta.

{n}Sobre a Brasil-Japão{/n}

Símbolo da forte colônia japonesa em Botucatu, a Praça Brasil-Japão é um cartão postal numa das principais entradas da Cidade, para quem vem pela Rua Campos Salles por meio da rodovia Marechal Rondon ou Domingos Sartori.

Inaugurada em 1998, logo se tornou um ponto turístico para quem é de fora e até de recém-casados que utilizam o espaço como pano de fundo para o álbum de fotografias. E não é para menos.

Os tradicionais arcos vermelhos inspirados na arquitetura nipônica aliado ao paisagismo exuberante são características peculiares da praça. Mas um dos destaques do local certamente é o lago artificial construído no centro dela, no formato de estrela [alusão ao Sol – símbolo do Japão] e com um navio de madeira na parte interna, homenagem ? imigração japonesa ao Brasil no início do século passado e ? rota de japoneses ao Peru, com passagem por Botucatu.