Inaugurações marcam o aniversário da Cidade

Fotos: Luiz Fernando

 

Na manhã desta terça-feira (4), durante a programação do aniversário da Cidade, foram realizadas três inaugurações, com a presença de autoridades ligadas a diferentes segmentos sociais, como o vice-governador Márcio França. Estava prevista a visita do governador Geraldo Alckmin, que cancelou a viagem por causa da recente morte do filho Thomaz, em um acidente de aviação.

 

Vila Dignidade

Uma das inaugurações foi a Vila Dignidade, na Rua Benedito Rodrigues Silva (ao lado do supermercado Manzini), região da  Cohab I, com benção do Padre Delair Cuerva e a presença de várias autoridades civis e políticas, além do Conselho Municipal do Idoso e comunidade, de uma maneira geral. O investimento total é de R$ 1.555.000,00.

As casas contam com um dormitório, sala conjugada à cozinha, banheiro, área de serviço, aquecedor solar e uma pequena área externa nos fundos que pode ser utilizada como jardim ou horta. Todas as moradias possuem itens de segurança e acessibilidade, como barras de apoio, pias e louças sanitárias em altura adequada, portas e corredores mais largos, interruptores em quantidade e altura ideais, rampas e pisos antiderrapantes.

O programa Vila Dignidade foi criado pelo Governo do Estado para garantir moradia digna e assistência social à população idosa (acima de 60 anos) de baixa renda. Os empreendimentos são projetados com parâmetros de acessibilidade do Desenho Universal que permite facilidade no uso da moradia por qualquer indivíduo com dificuldade de locomoção, temporária ou permanente.


Parque Tecnológico


Também o prefeito João Cury Neto fez a inauguração do Parque Tecnológico de Botucatu, empreendimento fruto de uma parceria entre o município e o Governo do Estado de São Paulo. O prédio central, com 1.800 m², conta com salas de reunião, salas de treinamento, instalações para diretoria, secretaria, administração, compras, manutenção, salas de espera, recepção, copa, sanitários, área de atendimento, hall, dois anfiteatros e auditório para 190 pessoas.

O Parque terá como objetivo principal promover o desenvolvimento socioeconômico sustentável da região, por meio do fomento à inovação tecnológica em bioprocessos – procedimento tecnológico que utiliza sistemas biológicos, componentes e derivados de organismos vivos – para produção de medicamentos, insumos médico-hospitalares, compostos para fins industriais, fitoterápicos (produtos feitos com plantas medicinais), sistemas de produção agropecuários sustentáveis, produtos orgânicos, biorremediação (uso de microorganismos para recuperação de áreas contaminadas), controle biológico, serviços ambientais, caracterização e uso de resíduos. 

O projeto foi implantado na Rodovia Gastão Dal Farra, em duas áreas que somam 286 mil m² – equivalentes a 34,6 campos de futebol iguais ao do Maracanã. As áreas ficam a 3 km da Rodovia João Hipólyto Martins (SP-209) – que liga a rodovia Castelo Branco a Botucatu.

 

Empresa Avionics

Outra inauguração foi a da Empresa Avionics, em área do Aeroporto Municipal, ao lado da Empresa Brasileira de Aviação – Embraer,  para fabricação do avião “Caçador”, modelo Vant (Veículo Aéreo Não Tripulado). A iniciativa é dos empresários botucatuenses João Vernini e  Antônio José Rodrigues dos Santos.  Esses aviões são controlados a distância por meios eletrônicos e computacionais, sob a supervisão e governo humanos, ou sem a sua intervenção, por meio de Controladores Lógicos Programáveis (CLP).

A tecnologia pode ser utilizada em resgates em locais de difíceis acessos, áreas de desastres (alagamentos, desmoronamentos, desabamento, incêndios, construções interditadas, etc), pois tais dispositivos transmitem imagens/vídeos em tempo real contribuindo assim com as equipes de resgates, além dos drones também para monitorar pessoas, evitar ataques e casos de vandalismo.

Além do uso militar, os Vants estão sendo aplicados no uso civil por fotógrafos e cinegrafistas em festas de aniversários, casamentos e eventos em gerais, porque capta melhores ângulos para fotos e filmagens mantendo a câmera estável por mais tempo facilitando a produção de vídeo, além de também ser usado por emissoras de TV's diminuindo o custo em suas filmagens aéreas, pois hoje ainda utiliza-se helicóptero.

Outra possível forma de utilizar o avião é na agricultura para identificar rapidamente pragas, falhas no plantio, saturação hídrica do solo e outros problemas que acontecem nas lavouras. Além disso, poderão ser usados para outras funcionalidades, como em fotografias, para registrar uma selfie,  por exemplo. Diversas empresas estão desenvolvendo os chamados "drones-selfie", que poderão ser controlados via controle remoto no pulso.