GCM recebe homenagem da Unesp e faz doação de sangue

{bimg: 24608:alt=interna:bimg}

Fazendo parte da comemoração pelos cinco anos da Guarda Civil Municipal (GCM), de Botucatu, o secretário de Segurança Pública, delegado Adjair de Campos, recebeu das mãos do vice-diretor do Núcleo de Transplantes do Hospital das Clínicas da Unesp, Leonardo Pelafsky e do vereador Lelo Pagani (PT), assistente técnico de informática do Hospital das Clínicas (HC), uma placa em homenagem e agradecimento pela parceria firmada entre a GCM e o HC.

Lelo Pagani destacou o caráter humanitário da atuação da Guarda Civil Municipal. ”É isso que a população espera. Uma guarda mais sensível e ao mesmo tempo disciplinada, que tenha o respeito da população. A GCM de Botucatu é um exemplo de serviços municipais que estão dando certo”, afirmou.

O prefeito João Cury foi nesta mesma linha do vereador petista. “Ao mesmo em que é cobrada, a GCM conta com o reconhecimento da população pelos relevantes serviços que presta. A guarda sabe tratar do urgente, mas também sabe o que é importante. Os testemunhos aqui todos os munícipes deveriam ouvir”, disse. “O trabalho realizado é ótimo, mas tem que melhorar muito ainda; não podemos acomodar. A Guarda tem obtido resultados muito importantes para a gestão pública”, emendou.

Ao falar, especificamente, do Projeto Patrulha da Paz, criado no ano passado e desenvolvido dentro da sede da GCM com alunos da rede de ensino municipal, com o objetivo de colaborar na formação e disseminar as ações de cidadania junto as crianças e orientá-las sobre a criminalidade, o prefeito destacou o testemunho de pais das crianças atendidas. “Muitos pais me disseram que houve uma mudança radical no comportamento que as crianças têm dentro de casa”.

{n}{tam:25px}Doação de sangue{/n}{/tam}

{bimg: 24609:alt=interna2:bimg}

Em uma ação social, integrantes da Guarda Civil Municipal (GCM) realizaram, na manhã de sexta-feira, 23 de julho, doação de sangue ao Hemocentro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB). A mobilização integrou as comemorações de cinco anos da corporação e colaborou também com a campanha “Bombeiro Sangue Bom”, do Corpo de Bombeiros de São Paulo.

Ao todo, vinte e cinco guardas realizaram a doação. O Hemocentro tem enfrentado problemas com a escassez de bolsas em alguns tipos sanguíneos, como A e O positivos, além de O negativo. A ideia é reforçar o estoque durante o inverno e as férias de julho, períodos em que o número de doações cai significativamente, segundo os responsáveis pelo Banco de Sangue do HCFMB.

Atualmente, o estoque dos tipos A e O negativos é de 100 e 86 bolsas, respectivamente. O ideal seriam 200 unidades para as duas tipagens. Já o de O negativo é de 15, sendo necessárias 40 bolsas ao dia. “Essa doação foi importante para que o Hemocentro reforce o estoque do Banco de Sangue. Esperamos que a iniciativa seja inspiradora para que empresas e pessoas em geral ajudem nosso estoque”, declarou a assistente social do Hemocentro, Aparecida Donizete Franco.

Para o comandante da Guarda Civil Municipal, Paulo Renato da Silva, a iniciativa- que também encerrou a semana de comemoração dos cinco anos da GCM- tem se tornado rotineira junto aos integrantes da corporação. “Essa ação de colaborar com o Banco de Sangue do hospital também pretende estimular a população a se mobilizar em prol do próximo. Já realizamos uma conscientização em nossos guardas para que sempre venham e façam sua doação”, ressaltou.

A opinião é compartilhada pelo secretário municipal de segurança, Adjair de Campos e pelo capitão José Milton Franco responsável 12º Grupamento do Corpo de Bombeiros. De acordo com o militar, esse é o segundo ano que a Guarda Municipal colabora com a campanha “Bombeiro Sangue Bom”, que acontece desde o início de julho.

“A colaboração, não só da GCM, mas da população como um todo é primordial para que o Hospital das Clínicas continue salvando vidas”, disse Franco. “As forças de segurança, seja civil ou militar, trabalham de forma integrada em prol da sociedade e qualquer ação de cunho social terá a participação da Guarda”, complementa Campos.

Fotos: Flávio Fogueral / Marcelino Dias