Fundo Social promove curso na Escola da Beleza

O Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Botucatu realiza as aulas da terceira turma do curso de assistente de cabeleireiro da Escola da Beleza. As atividades, que tiveram início em setembro deste ano, seguem até novembro na Rua General Telles, 1.419, às 10 horas (próximo à sede do Fundo Social).

O curso de assistente de cabeleireiro conta com 12 alunas,  carga horária de 80 horas/aula divididas em 24 dias: três vezes por semana, com duração de 3 horas e 20 minutos cada.  “Durante o curso as aulas aprendem sobre ética profissional, como cuidar e lavar os cabelos, hidratações, escovas crespas e lisas, os tons de peles e tinturas, penteados, cortes masculino e feminino. Além da capacitação elas recebem material didático e certificado”, explica a professora Celina Lima.

A aluna Ariane Santos Carvalho, de18 anos, busca no curso se especializar para trabalhar no mercado da beleza. “Já trabalhei nesta área e o curso irá me ajudar ainda mais. Estou adorando as aulas é uma grande oportunidade”, conta.

Dilza Garcia, de 56 anos, trabalha fazendo “bicos” e acredita que os conhecimentos no curso irão auxiliar na sua renda. “Não tinha muito noção de como fazer escova e chapinha. Agora estou aprendendo tudo isso e muito mais no curso”, comenta.

Elza Rodrigues Ferreira, de 39 anos, também pretende exercer a nova profissão. “Antigamente eu tinha um bar na região da Cecap.  Hoje estou gostando de mexer com cabelo e fazer novas amizades durante as aulas. Pretendo exercer esta profissão”, diz.

 

Sobre a Escola da Beleza

A Escola da Beleza inaugurada em Botucatu em 2014 é um projeto realizado em uma parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (Fussesp), que contribui para a qualificação profissional e geração de renda da população em situação de vulnerabilidade social. 

No espaço, por meio de convênio com o Fussesp, é oferecida a capacitação de assistente de cabeleireiro. No mesmo local o Fundo Social de Solidariedade de Botucatu também  resolveu desenvolver  com recursos próprios os cursos de manicure e design de sobrancelha.

“Esta é uma escola relativamente nova,  uma área muito técnica que teve um retorno positivo pelas participantes dos cursos. A grande maioria das alunas tem encontrado uma alternativa no mercado de trabalho através dos cursos. A área da beleza cresce cada dia mais e traz oportunidade para quem quer uma renda extra como também para quem quer exercer uma nova profissão”, salienta a primeira dama e presidente do FSS, Rachel Ferronato Cury.  Outras informações sobre os cursos podem ser obtidas na sede do Fundo Social, na Rua General Telles, nº 1.434 – Centro ou pelo telefone (14) 3813-8504.