Fundo Social atende comunidade terapêutica “Atos 6”

Equipamentos irão permitir não apenas o fornecimento de refeições aos internos, mas também capacitações na área de alimentação e atividades de geração de renda para a manutenção da unidade

 

Foi realizada a cerimônia para formalização de parceria que prevê a cessão de uso de equipamentos de cozinha adquiridos pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS) e que foram repassados à Comunidade Terapêutica “Atos 6”. A entidade está instalada na Rodovia Marechal Rondon, próximo ao posto Pontal da Serra.

O evento contou com a participação do prefeito João Cury Neto; da presidente do FSS e primeira dama, Rachel Ferronato Cury; do secretário de Descentralização e Participação Comunitária, Paulo Sérgio Alves; do presidente regional da Igreja Brasil para Cristo; pastor Orlando Máximo; do representante da Igreja Brasil para Cristo em Botucatu; pastor Israel Bezzera e do coordenador da Comunidade Terapêutica Atos 6, Waldor Castaldi Pedro Lombo.

A Comunidade Terapêutica Atos 6 busca abrir uma nova porta para a recuperação de pessoas em Botucatu nos tratamentos para o vício do álcool e das drogas. Para que este trabalho possa ser iniciado de forma mais breve possível e renda os frutos esperados, a Prefeitura de Botucatu por meio do Fundo Social celebrou parceria com o projeto ao contribuir com a aquisição de utensílios que serão importantes para o desenvolvimento dos trabalhos.

“Quando mostramos as necessidades, o prefeito João Cury imediatamente se a colocou à disposição para ceder estes equipamentos de cozinha que foram entregues durante esta cerimônia. Em nome da Comunidade Atos 6 agradecemos esta parceria da Prefeitura”, declara o representante da Igreja Brasil para Cristo em Botucatu, pastor Israel Bezzera.

Foram adquiridos fogão industrial; liquidificador industrial; conservador/geladeira e fogão de tacho. Esses equipamentos irão permitir não apenas o fornecimento de refeições aos internos, mas também capacitações na área de alimentação e atividades de geração de renda para a manutenção da unidade.

“É um privilégio o Fundo Social ser parceiro de um projeto tão importante como este. Sabemos a dificuldade que é trabalhar com este tipo de recuperação. No primeiro momento a área da saúde ajuda, mas depois a religiosidade faz toda a diferença. O Fundo Social está de portas abertas para outras parcerias com comunidades terapêuticas”, enfatiza a presidente do Fundo Social e primeira dama, Rachel Ferronato Cury.

“Nós sabemos que trabalhar com recuperação de dependentes é um grande desafio. O Fundo Social é o parceiro correto para este projeto. Ele tem muitas missões, entre elas, a inclusão do ser humano na sociedade por meio de capacitações e geração de renda. E o que vamos fazer aqui com esta parceria é um resgaste de almas. Vamos promover a inclusão social destas pessoas. Estes equipamentos irão auxiliar na produção das refeições dos internos como também na realização de cursos na área da culinária”, destaca o prefeito João Cury Neto.