FSS divulga números da Campanha do Agasalho 2012

Fotos: Valéria Cuter

Com a presença de várias autoridades e entidades ligadas aos mais diferentes segmentos sociais, a presidente do Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Botucatu, Rachel Ferronato Cury, realizou na manhã desta terça-feira (5), no Salão Azul da Secretaria de Educação, a prestação de contas da Campanha do Agasalho 2012.

A campanha deste ano teve como padrinhos os sertanejos “Hugo e Tiago” e as arrecadações nos postos de coletas foram realizadas de 2 a 27 de abril. Mais de cem caixas coletoras foram espalhadas pela Cidade em agências bancárias, supermercados, escolas e estabelecimentos comerciais. Já no dia 5 de maio foi feita a tradicional arrecadação a porta a porta, com a participação de 250 voluntários.

No total foram arrecadadas 111.419 peças, entre cobertores, blusas, calças e outras peças. Dessas, 5.303 (4,76%) foram descartadas por serem consideradas inservíveis. Mas 106.116 peças foram separadas para a doação. “Foi mais do que a gente esperava e pudemos atender a 5.500 pessoas. Só tenho a agradecer, de coração, a todos que de alguma maneira estiveram com a gente e contribuíram para o sucesso da campanha”, frisou Rachel Cury.

A presidente do FSS salientou que as doações das peças foram realizadas entre os dias 25, 26 e 27 de maio em 15 pontos distribuídos, estrategicamente, pela Cidade. “O interessante é que a arrecadação nos permitiu fazer com que as pessoas pudessem escolher as peças que estavam levando para casa”, disse Cury.

Ela, mais uma vez se mostrou gratificada com a adesão da população. “Nós conseguimos fazer uma arrecadação maior ainda do que a do passado, embora não tivéssemos com a preocupação de bater recorde. O ideal mesmo seria que não fosse necessário fazer a campanha e todos pudessem comprar as próprias roupas de frio. Mas, como isso ainda não é possível ficamos satisfeitas em poder atender a centenas de famílias carentes”, disse Rachel. “E isso só foi possível pelo empenho e engajamento de todos e eu só posso dizer: Deus lhes pague!”, encerrou a presidente do FSS.