Festa do Milho terá prosseguimento neste final de semana

Neste final de semana a igreja Nossa Senhora Menina, na Vila Maria, vai realizar a segunda etapa da 8ª festa do Milho. Na primeira edição realizada no final da semana passada, foi computada a presença de aproximadamente 10 mil pessoas nos dois dias de festa. O evento que é coordenado pelo padre Orestes já virou tradição em Botucatu e também recebe pessoas de várias cidades da região. A festa se encerra no final da semana que vem (20 e 21 de março).

Durante a festa a organização oferece produtos derivados de milho como: curau, pamonha, bolo, sorvete, pão, pastel, pizza, milho assado, milho cozido, sopa, entre outros. Segundo Orestes cerca de 200 pessoas colaboram, seja na preparação do milho, nas barracas de vendas ou na confecção dos produtos.

“Sem essas pessoas que colaboram comigo nada disso seria possível. Existe um sincronismo entre a população da Vila Maria e a Festa do Milho”, coloca o sacerdote. “Nas três edições deste ano acredito que serão consumidos 35 toneladas de milho”, prevê Orestes, que para realizar a festa tem um terreno arrendado em Pardinho para plantação do milho.

Mais uma vez o pátio de igreja Nossa Senhora Menina vai se transformar em uma verdadeira linha de produção, com máquinas, homens e mulheres trabalhando a todo vapor. O curioso é que as máquinas que são usadas para manusear o milho são invenções do próprio Padre Orestes. “Eu bolei essas máquinas. Se fosse trabalhar no “muque”, seria muito difícil”, costuma explicar.

Ele espera que a população volte a prestigiar o evento domingo na Vila Maria. “Estaremos atendendo a população a partir das 12 horas desse sábado. Amanhã as portas serão abertas ? s 10 horas. Nossa expectativa é que uma multidão venha prestigiar nossa festa. Posso dizer que quem vier não vai se arrepender porque tudo que temos aqui é fresquinho e de primeira qualidade”, complementou Orestes.

Foto: Jornal Acontece Botucatu