Faixa segura promove bloqueio na semana de volta ? s aulas

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), Policia Militar (PM) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), realizaram na manhã desta quarta-feira (17), em frente à escola estadual Cardoso de Almeida, Centro Histórico de Botucatu, um bloqueio com a distribuição de folhetos educativos da campanha Faixa Segura. Trata-se de uma iniciativa criada em 2012 como forma de conscientizar a população quanto à utilização correta das faixas de segurança voltadas aos pedestres.

Os próximos bloqueios do Faixa Segura acontecem nesta quinta (18), em frente à Unifac, na Vila Nova Botucatu; e sexta (19), junto à escola municipal Antenor Serra, na Cohab 1. Ambos ocorrem das 6h30 às 7h30. As atividades da campanha Faixa Segura acontecem justamente na semana em que mais de 20 mil os alunos da rede pública (municipal e estadual) retornam a mais um ano letivo de aulas, o que, consequentemente, movimenta ainda mais o trânsito no entorno das escolas.

A proposta do Faixa Segura é simples: para pedir a travessia em faixa sem semáforo, o pedestre deverá, ainda na calçada, estender o braço com a palma da mão virada para os automóveis. A travessia só deverá ser feita quando os carros pararem. Os motoristas, por sua vez, ao visualizarem pedestres nas proximidades da faixa, devem agir como se o semáforo estivesse no sinal amarelo e acompanhar a movimentação dos outros veículos pelo retrovisor.

O Faixa Segura é mais uma ação dentro da “Década para a Segurança do Trânsito”, iniciativa da Organização Mundial da Saúde assumida, em 2010, dentro da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), por vários países, entre eles o Brasil. Botucatu assinou o pacto em 2011. O objetivo do compromisso é reduzir em 50% a quantidade de mortes de pessoas envolvidas em acidentes de trânsito no mundo todo até o ano de 2020.

“O Faixa Segura é uma campanha permanente dentro do Município e que já tem refletido na mudança de hábitos de muita gente. Mas para que a campanha atinja seu objetivo, nós como poder público temos que fazer nossa parte. Antes mesmo da volta às aulas já repintamos praticamente todos os cruzamentos semafóricos e a frente das escolas da região central. A sinalização das faixas se estenderá às escolas dos bairros gradativamente”, afirma Rodrigo Fumis, diretor do Departamento de Transito da Semutran.

 

Mais Informações

Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana

Rua Amando de Barros, nº 2.741 – Lavapés

Telefones: 3882-9888 / 3815-1248 / 156 [gratuito]

E-mail: 156@botucatu.sp.gov.br

Site: semutran.botucatu.sp.gov.br

Facebook: www.facebook.com/SemutranBotucatu

 

Respeite a Faixa Segura!

Recomendações aos motoristas

• Ao aproximar-se da faixa segura, redobre a sua atenção.

• Visualizando um pedestre que esteja solicitando a travessia na faixa segura, aja como se estivesse se aproximando de um semáforo amarelo.

• Sempre que for conceder a prioridade de travessia ao pedestre, avalie as condições de segurança em seu entorno (principalmente motociclistas).

• Percebendo que os outros motoristas do entorno não visualizaram a sinalização do pedestre, acene com a palma da mão para que ele não inicie a travessia.

• Quando conceder a passagem ao pedestre na faixa segura, monitore pelos espelhos retrovisores a movimentação dos outros veículos, intervindo com sinais de mão caso ache necessário.

• Aguarde o término da travessia dos pedestres pela faixa segura para sair com o seu veículo.

Recomendações aos pedestres

• Procure a faixa segura mais próxima.

• Aguarde junto ao meio fio da faixa segura.

• Em vias com grande movimento, aguarde a aproximação de outras pessoas para em conjunto realizar a travessia.

• Sinalize estendendo o braço, solicitando a sua prioridade de travessia.

• Mantenha contato visual com os motoristas que se aproximam da faixa segura, assegurando que os mesmos estão mantendo contato visual também.

• A travessia deve ser iniciada apenas quando os primeiros veículos estiverem parados e mantenha contato visual para verificar a existência de motos.

• Em vias de mão dupla redobre a atenção.

• Caso a via seja dotada de canteiro central, os procedimentos para travessia da segunda transposição deverão ser repetidos.

• Na dúvida, não dê o primeiro passo. Aguarde até ter certeza que sua travessia será em segurança.

(Assessoria de Imprensa da Prefeitura)