Erosão do Condomínio Araucária foi controlada

Depois de dezenas de caminhões de terra e cascalho serem jogados de quinta-feira a sábado, a erosão encontrada próxima ao Condomínio Araucária, no Jardim Paraíso em uma Área de Preservação Ambiental (APA), foi controlada. O trabalho das máquinas foi realizado pela secretaria municipal de Obras, que teve que abrir um espaço no alambrado para facilitar a entrada e saída dos caminhões

Além da terra e cascalho foi colocado um tubo para que as águas pluviais fossem desviadas do local mais afetado pelas fortes chuvas que caíram no município, sendo a principal causa da formação de uma erosão de, aproximadamente, cinco metros de altura, por 20 de altura e 30 de comprimento.

Segundo o secretário de Obras, Nivaldo Vizotto, a erosão vem sendo formada há meses, mas agravou-se em razão da fortes chuvas dos últimos dias necessitando uma intervenção da Prefeitura que realizou uma obra de caráter emergencial. “Se esta erosão tivesse sido controlada em seu início, não chegaria a proporção que chegou. Mas o importante é que ela (erosão) está controlada. Entretanto, uma obra mais completa deverá ser feita”, alertou Vizotto.

Esta semana a Prefeitura de Botucatu deverá se reunir com representantes da Caixa Econômica Federal (que financiou a obra) e da empreiteira Residem que realizou a construção do empreendimento, para estudar a solução definitiva para o problema e detectar se houve erros estruturais de projeto de vazão das águas do condomínio.

Atuando como agente fiscalizador o vereador Abelardo (PV) acompanhou todo o processo. Na mesma linha de raciocínio do secretário de Obras, o parlamentar entende que houve muita demora para que o alerta fosse dado, pois a erosão já havia atingido a divisa do condomínio e os moradores estavam bastante apreensivos vendo (a erosão) aumentar a cada dia.
“Por isso, foi necessário que a Prefeitura executasse essa obra emergencial, mas o problema ainda não está solucionado. Será necessário que a Caixa Federal e empreiteira dêem prosseguimento ao serviço emergencial já feito. O mais importante é que a erosão está controlada e os moradores mais tranquilos”, disse Abelardo.

Vale lembrar que o Condomínio Araucária tem um conjunto de 10 blocos de prédios habitacionais, com 16 apartamentos cada um (totalizando 160 unidades) e fica na Rua José Barbosa de Barros, nº 1486, região do Jardim Paraíso.