Encontro de Carros Antigos chega ? sua 7ª edição

Ampla área coberta para exposição, área de alimentação, feira de artesanato, recreação diversificada para crianças, café da manhã e brindes para os expositores, exposição do papa-móvel modelo fabricado em Botucatu na década de 80 e da caminhonete C-10 reformada pelo programa Caldeirão do Huck, além, é claro, da exposição de dezenas de carros antigos das mais variadas marcas e modelos.

Isso é o que está sendo preparado para o 7º Encontro de Carros Antigos, com realização da Associação de Veículos Antigos de Botucatu (AVAB). O encontro acontece no próximo final de semana (sábado e domingo), a partir das 9 horas, no galpão da antiga fábrica Brashidro, no km 253 da Rodovia Marechal Rondon, entrada pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo – Ciesp, de Botucatu.

“É um evento beneficente destinado a toda família e não apenas para os amantes e colecionadores de carros antigos. A entrada é gratuita, mas o visitante pode colaborar com um quilo de alimento não perecível a ser arrecadado pelo Rotary Clube Botucatu Norte para atender entidades assistenciais da Cidade”, disse Marcelo Michelin, que é o presidente da AVAB.

Adianta que o encontro conta com veículos com mais de 60 anos de fabricação em bom estado de conservação de antigomobilistas previamente convidados. “Quem prestigiar o evento poderá ver de perto carros como Fusca, Opala, Brasília, Mercedes, Ford, Chevrolet, entre muitos outros automóveis com suas peças originais”, observou Michelin.

Presidente da AVAB lembra que os carros sobreviveram ao tempo e seus proprietários os mantiveram em perfeito estado de conservação. Por isso, o valor de cada modelo é sentimental e só sai da garagem em ocasiões especiais. “Ninguém vem expor os veículos para vender e sim para trocar experiências”, coloca. “São raros os carros vendidos ou permutados durante o encontro”, emenda. “Só quem aprecia carros antigos pode saber o valor que a gente dá para essas relíquias”, completa.

Fotos: Valéria Cuter – arquivo