Depois da estiagem chuva volta a cair forte em Botucatu

Depois de uma estiagem de vários meses a chuva que vem caindo nas últimas horas tem gerado conflitos com registros de quedas de árvores,destelhamento, alagamento e inundações, em diferentes regiões da cidade. Apesar do forte temporal não houve registro de pessoas feridas. Em alguns pontos a chuva veio acompanhada de fortes rajadas de vento, trovões e granizo, acarretando sobrecarga e corte de energia.

Os casos mais comuns foram relacionados a alagamentos em locais como a Avenida Dante Delmanto, Elevado Bento Natel e Avenida Vital Brazil, com o transbordamento do Rio Água Fria, na região do Terminal Rodoviário. Casos de queda de árvores aconteceram na Vila São Luiz, Cohab I, Bairro Demétria e Jardim Brasil.

O coordenador da Defesa Civil do Município Paulo Renato da Silva, esteve em vários locais atingidos pela chuva para fazer o levantamento nos estragos e detectar se teria havido destelhamento de casas e casos de desmoronamento de terra em áreas consideradas de risco, permanecendo em estado de atenção para qualquer eventualidade.

“Felizmente, não houve registro de vítimas, mas a chuva caiu com grande intensidade por vários minutos. Vamos permanecer de sobreaviso, pois existe a perspectiva de mais chuva nas próximas horas e deverá perdurar até sábado. Temos uma preocupação com famílias que tiveram suas residências destelhadas e as que moram em situação de risco próximas a barrancos ou ribeirões”, disse o coordenador.

Lembra que a Defesa Civil elaborou um plano preventivo para ser aplicado em períodos de aumento da intensidade das chuvas  que acarretam situações de risco.  “Para nós a prevenção é a solução e em razão disso trabalhamos na conscientização da comunidade para minimizar riscos e propiciar atendimento ágil, rápido e eficiente”,  colocou o coordenador.