Definida empresa que reformará o Antigo Fórum

Foto: Valéria Cuter

Prefeitura de Botucatu conheceu a empresa que irá executar a reforma e adequação do antigo Fórum para a instalação da primeira unidade da Pinacoteca no interior do Estado de São Paulo. Na abertura dos envelopes, junto ? Comissão Permanente de Licitações (Copel), a proposta vencedora foi da empresa 2N Engenharia LTDA.: R$ 10.055.568,77.

O projeto prevê, além dos serviços de restauro, impermeabilização, pintura, hidráulica, elétrica e iluminação, também a construção de calçadas e paisagismo no entorno do prédio que tem área total construída de 2.878 m², dividido em subsolo, térreo, primeiro, segundo, e terceiro pavimentos.

A Pinacoteca de Botucatu irá abrigar salas voltadas a exposições temporárias e de longa duração (pintura, gravuras, fotografias), para o setor educativo, leitura, estudo, restauro, ateliês, biblioteca, recepção/bilheteria e um auditório para conferências, além de sanitários e salas para o setor administrativo. Tudo com acessibilidade adequada através de rampas e elevadores.

Um dos destaques será o Museu de Arte Contemporânea Itajahy Martins, que será instalado no térreo do edifício. A tradicional instituição museológica da Cidade, que em 2014 completa 30 anos, tem cerca de 300 obras de importantes artistas nacionais e internacionais, com grande potencial de dialogar com o acervo da Pinacoteca de São Paulo.

A obra será viabilizada por meio de convênio assinado junto ao Governo do Estado de São Paulo, com um repasse de R$ 11 milhões ao Município. Assim que o prefeito assinar a ordem de serviço da obra, a previsão é que ela seja entregue em até 18 meses.

A Pinacoteca de Botucatu receberá, periodicamente, parte do acervo da Pinacoteca do Estado. A proposta é que o grande salão do júri do primeiro pavimento seja ocupado com uma exposição de longa duração, tendo como tema o panorama da arte brasileira da segunda metade do século XIX até os dias atuais. As salas menores deste andar serão utilizadas para exposições temporárias de fotografia e gravura.

{n}Acervo {/n}

A Prefeitura de Botucatu deve receber, na próxima semana, o primeiro lote de livros e catálogos de arte repassados ao Município pela Pinacoteca do Estado de São Paulo. Segundo a assessora de patrimônio da Secretaria Municipal de Cultura, Cláudia Basseto, trata-se de um acervo que, a princípio, ficará exposto no Museu de Arte Contemporânea (MAC) Itajahy Martins (piso superior do Teatro Municipal) e posteriormente será transferido para a biblioteca da Pinacoteca de Botucatu.

“Esses livros e catálogos compreendem publicações da Secretaria de Estado da Cultura e da própria Pinacoteca, além de materiais duplicados que a instituição recebe. Neste momento, eles permanecerão no MAC. Após a catalogação, os mesmos estarão disponíveis para consulta e pesquisa no local”, explica.

{n}Sobre o antigo Fórum e a Pinacoteca{/n}

O prédio do antigo Fórum de Botucatu foi projetado na década de 1920, pelo escritório do arquiteto Ramos de Azevedo – o mesmo que construiu a Pinacoteca do Estado de São Paulo, no Parque da Luz, e o edifício atualmente ocupado pela Estação Pinacoteca, ambos no centro da capital paulista.

A Pinacoteca do Estado é um museu de artes visuais, com ênfase na produção brasileira do século XIX até a contemporaneidade, pertencente ? Secretaria de Estado da Cultura. Fundada em 1905 pelo Governo do Estado de São Paulo, é o museu de arte mais antigo de São Paulo. A Pinacoteca realiza cerca de 30 exposições e recebe aproximadamente 500 mil visitantes a cada ano.

Com a reforma do antigo Fórum de Botucatu, as atividades educativas poderão se concentrar também sobre a questão do patrimônio histórico e sua preservação. Quando o edifício estiver pronto, a expectativa é de que estas atividades beneficiem as cidades distantes até 100 quilômetros de Botucatu e mesmo outras do Estado que hoje tem como opção apenas a Pinacoteca da cidade de São Paulo.