Defesa Civil vistoria residência com graves trincas

A proprietária senhora Maria, acionou a equipe da Defesa civil para uma avaliação, visto que sua residência vem apresentando varias trincas e rachaduras. A solicitante informa que nos últimos meses vem notando que as fissuras estão aumentando e que ouve também durante a noite alguns estalos no interior da casa.  

Essa casa Segundo informações a construção foi feita a mais de 5 anos, porém não possui projeto aprovado, sendo a obra executada por um dos filhos que é pedreiro. O engenheiro da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMPDEC), Antonio Carlos Tavares, analisou o local e constatou diversas falhas na construção, principalmente na compactação do solo e fundação do imóvel.

Após a vistoria técnica a proprietária juntamente com seu filho foi orientada pelo Coordenador de Defesa Civil Paulo Renato da Silva e o engenheiro referente as providencias necessárias para sanar  o problema. “Estamos acompanhando o caso até que seja solucionado, dando todo aparato que a família necessitar”, colocou o coordenador.

Paulo Renato lembra que entre as atribuições da Coordenadoria está a identificação e mapeamento das áreas de risco de desastres; promover a fiscalização das áreas de risco de desastres e vedar novas ocupações nessas áreas; declarar situação de emergência e estado de calamidade pública; vistoriar edificações e áreas de risco; e promover, quando for o caso, a intervenção preventiva e a evacuação da população das áreas de alto risco ou das edificações vulneráveis.