Defesa Civil desobstrui áreas às margens de rodovia

A ação teve como objetivo informar os moradores sobre o avanço da primeira etapa das obras de duplicação da estrada e a necessidade da liberação de alguns trechos que hoje estão obstruídos com estruturas provisórias ou construções irregulares

 

Na manhã desta quarta-feira (6), integrantes da Defesa Civil do município e da Secretaria Municipal de Obras percorreram casas localizadas na Rua 4, no Jardim Santa Cecília, às margens da rodovia Gastão Dal Farra. A ação teve como objetivo informar os moradores sobre o avanço da primeira etapa das obras de duplicação da estrada e a necessidade da liberação de alguns trechos que hoje estão obstruídos com estruturas provisórias ou construções irregulares. 

“Não será necessário remover ninguém do local, mas em alguns trechos a rua foi ocupada de forma irregular. Estamos conversando com os moradores para que até o final desta semana possam liberar a área para que possamos dar sequência aos trabalhos”, informa o coordenador da Defesa Civil, Paulo Renato da Silva. “Além de oferecer mais segurança, a duplicação da estrada também vai valorizar os imóveis de quem mora naquela região”, completa.

Os serviços de limpeza e preparação do terreno onde será feita a duplicação avançaram de forma rápida nos últimos dias. Quem passa pelo local pode acompanhar as máquinas da prefeitura trabalhando às margens da pista atual e na área onde será construída a nova pista. A Secretaria de Obras já acionou as empresas Vivo e CPFL Paulista para que seja providenciada a realocação dos postes de telefonia e energia elétrica. 

A duplicação do primeiro trecho da Rodovia Gastão Dal Farra (SPA 241/300) foi viabilizada após convênio firmado entre o município e o Governo do Estado. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) investirá pouco mais de R$ 1 milhão para a compra de massa asfáltica, enquanto a Prefeitura, através da Secretaria de Obras, aplicará valor semelhante fornecendo a mão de obra e o maquinário necessário para execução dos serviços. A obra integra o programa Pavimentação que prevê investimentos de R$ 20 milhões em recape e pavimentação asfáltica em mais de mil quarteirões de diversos bairros da cidade.  

O trecho a ser duplicado tem cerca de 1,5 km (entre o km 9 + 740m e o km 10 + 930m) e se estende das proximidades da Garagem Municipal, na saída da Avenida Itália, até a confluência com a Estrada Municipal José Ítalo Bacchi. Além da duplicação, outro destaque é a construção de uma ciclovia, que atenderá uma necessidade antiga de moradores que circulam pelo local.

Também serão construídas duas rotatórias: uma para disciplinar o trânsito da Gastão no cruzamento com a Avenida Zumbi dos Palmares, eixo de ligação entre o Parque 24 de Maio e o Central Park; e outra próxima ao posto de combustível, com objetivo de melhorar a distribuição dos veículos que seguem ao Jardim Aeroporto, Cedro, Santa Maria, Maria Luiza, Jardim do Bosque e Demétria, beneficiando diretamente mais de 15 mil pessoas que moram naquela região.

Além da atual pista, que será recapeada, a Prefeitura abrirá mais duas. Todas elas terão 7 metros de largura e serão separadas por áreas de acostamento e canteiros. Já a ciclovia terá 3 metros de largura, com início quase junto ao entroncamento com a Avenida Itália, do lado esquerdo da rodovia [sentido Centro/bairros]. Próximo à primeira rotatória, o dispositivo será deslocado ao outro lado da rodovia. Também está prevista construção de galerias de águas pluviais no local. A previsão inicial para conclusão dos serviços é de 180 dias.