CPFL explica paralisação dos trabalhos em Botucatu

Em nota oficial encaminhada à redação do Acontece com relação à matéria intitulada “Funcionário da CPFL sugere “gato” na rede elétrica”, a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), através de sua assessoria de imprensa, em Campinas, explica o que levou a empresa a interromper o serviço na cidade, assim como a denuncia de uma consumidora que alega ter sido  “orientada” para  fazer um “gato” na rede de energia elétrica.

Lembrando que “gato” é o nome dado à ligação elétrica clandestina destinada a furtar energia. Segundo a legislação brasileira é um crime de furto ou de estelionato e o infrator pode ser condenado a uma pena que pode variar de um a quatro anos de reclusão, além de multa. Além disso,  traz um risco muito maior do que o crime: já quem faz uma ligação clandestina, normalmente sobe em um poste com cerca de 7,20m de altura e vai acessar uma rede energizada e pode receber uma descarga elétrica e perder a vida por eletrocução.

Esse fato aconteceu em razão da agência da CPFL de Botucatu ter interrompido o atendimento ao público por dez dias com o argumento de adequação no sistema de atendimento. Quem teve a energia cortada, por exemplo, terá que esperar o retorno das  atividades da agência, na semana que vem, para  regularizar sua situação e ter a energia de volta.  

 

Íntegra da nota

Com objetivo de inovar tecnologicamente e padronizar os seus sistemas comerciais, os canais de atendimento on-line (site e o aplicativo) da CPFL Paulista estarão parcialmente indisponíveis, de 01/08 a 09/08, sendo que serviços como consulta a débito, 2ª via, religação, ligação nova, Iluminação Pública, troca de titularidade entre outros estão liberados, o que correspondem a 70% dos atendimentos neste canal.

Apresenta indisponibilidade total o aplicativo mobile e SMS (27351), para isto pedimos que neste período as solicitações de serviços sejam realizadas no site, Agências de Atendimento ou no Contact Center (0800 010 1010 – ligação gratuita), e-mail (paulista@cpfl.com.br), para clientes atendidos em média e alta tensão a CPFL Paulista disponibiliza o contato através do número 0800 770 4140 ou no e-mail: atendimentocorporativo@cpfl.com.br.

A empresa destaca ainda que, durante esse tempo, o atendimento será operado de maneira que sejam minimizados quaisquer possíveis impactos e trabalhará para que não haja nenhuma percepção da mudança do sistema comercial junto aos seus clientes.

 A CPFL também esclarece que abrirá um procedimento administrativo interno para apurar a atuação do atendente da empresa, garantindo que serão tomadas todas as providências cabíveis, de acordo com o Código de Ética da empresa.