Contrato para construção de 817 casas populares será assinado

Está previsto para ? s 15h30 desta quinta-fera (3), na agência da Caixa Econômica Federal (CEF) de Botucatu, na Rua General Telles, 1.226, região central a assinatura de novos contratos habitacionais para construção de mais 307 casas do Módulo II do Residencial Maria Luiza. O empreendimento será construído na Rodovia Gastão Dal Farra, no Bairro Santa Maria.

Participam do evento, o gerente regional de construção civil da CEF, Olair Ribeiro Filho e o gerente geral da agência Botucatu, José Carlos Broto, além de representantes da Prefeitura.

O novo conjunto, que no total será composto por 817 unidades habitacionais, foi viabilizado através do Programa Nosso Sonho, criado pela Prefeitura para impulsionar a política habitacional dentro do município. “É um momento de muita alegria saber que os futuros proprietários já estarão assinando os contratos. Tenho certeza que vamos conseguir cumprir o desafio que lancei de construir uma casa para cada dia de governo”, afirma o prefeito João Cury Neto.

As unidades habitacionais, de 42,75m², são compostas por dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, e serão construídas em lotes de 200m². Os mutuários pagarão prestações de aproximadamente R$ 600, que variam conforme a renda familiar, idade do mutuário e valor da entrada. O valor de cada casa é de R$ 68 mil e o prazo do financiamento é de até 300 meses.

O empreendimento irá beneficiar 307 famílias, com renda familiar de 3 a 6 salários mínimos, e o prazo previsto para conclusão da obra é de 18 meses. O investimento totaliza R$ 20,9 milhões, com recursos do FGTS enquadrados na Faixa II do Programa Minha Casa Minha Vida. No dia 8 de julho, outros 287 mutuários já haviam assinado contratos referentes ao Módulo I do Residencial Maria Luiza. Essas unidades já se encontram em construção.