Confraternização encerra comemoração dos 5 anos da GCM

Com a presença de familiares e amigos, a Guarda Civil Municipal (GCM) de Botucatu, encerrou as comemorações dos 5 anos de atividades. Em clima de muita descontração, o evento aconteceu na Estância Nova Era zona rural da cidade, num local cercado com muito verde.

As comemorações se iniciaram dia 19 de julho na Câmara Municipal numa solenidade que homenageou vários agentes, assim como pessoas ligadas aos mais diferentes segmentos da sociedade botucatuense. No transcorrer do evento foram condecorados os guardas que compuseram a primeira turma da corporação. Também feita a nomeação do GCM Iwerton Felipe de Almeida para o cargo de inspetor e a entrega de láurea de mérito pessoal a alguns agentes que obtiveram destaque no desempenho de suas funções.

No dia 20 aconteceu o Ato Cívico em frente a sede da Corporação na Rua Victor Atti, na Vila dos Lavradores, contando com a presença de diversas autoridades. A programação seguiu um cronograma estabelecido com a apresentação do Hino Nacional Brasileiro, Canção do Município, discursos e homenagens aos agentes Amâncio e Joyce que se destacaram pelos serviços prestados nos meses de maio e junho. No mesmo dia foi feito o plantio de dezenas de árvores pelos filhos dos agentes da GCM.

No dia seguinte, (21) realizada uma exposição de fotos, em frente ? Prefeitura Municipal de Botucatu, retratando o trabalho desenvolvido pelos agentes no cotidiano do trabalho, seja na área de repressão como na prevenção, atraindo centenas de pessoas.

No dia 22, a Guarda Municipal foi homenageada pela diretoria da Unesp de Botucatu em razão da parceria feita em diferentes eventos. Na ocasião vários agentes fizeram a doação de sangue para abastecer o estoque que está muito abaixo do normal.

O secretário de Segurança Pública, delegado Adjair de Campos, que esteve presente em todos os eventos, assim como o comandante da GCM, Paulo Renato da Silva, enfocou que nos últimos dois anos, a administração municipal, com o prefeito João Cury Neto, investiu na estruturação e descentralização da corporação, reforma, ampliação e construção de novas sedes, compra de viaturas, armamentos (inclusive armas letais), fardamento e treinamento dos guardas, além da instalação de câmeras de segurança em pontos estratégicos do município.

“Um dos fatores relevantes para melhorar o trabalho na Cidade foi o aumento do efetivo de 30 para 65 agentes e a GCM recebe, atualmente, uma média de 1.500/mês”, contabiliza. “Em 2009 foi reformulado o planejamento geral de atuação da GCM onde foram implantados vários programas de policiamento”, emenda.

Citou entre os programas, o GEPOM (Grupo Especializado em Patrulha com Motos); GPA (Grupo de Prevenção Ambiental) que promove a patrulha nas áreas rurais do município; GAPE (Grupo de Ações Preventivas Especiais), responsável pelo apoio ? s demais viaturas atuando em ocorrências de maior complexidade; Patrulha Escolar (responsável pela segurança de todas as unidades escolares do município); Patrulha Comunitária (viaturas que fazem os atendimentos diários de ocorrências), responsável pela segurança dos bairros onde a prioridade é a aproximação e a orientação da população.

{n}Fotos: Marcelino Dias

{bimg:24691:alt=banner:bimg}