Concluído projeto para ligar regiões Norte e Leste

A Prefeitura de Botucatu deu mais um passo importante para transformar em realidade a tão sonhada construção do viaduto que ligará as regiões Norte e Leste, historicamente separadas pela antiga linha férrea que corta o Município. A empresa Vega Engenharia, vencedora do processo licitatório, finalizou o projeto básico licitável da obra. O documento, bem como o pedido de licenciamento ambiental foi encaminhado para validação final pelo DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte).

Tão logo o órgão apresente seu aval, o projeto de construção do novo viaduto estará pronto para ser licitado. Estimativas indicam que a obra deverá custar em torno de R$ 15 milhões. A Prefeitura já iniciou tratativas junto ao deputado federal Milton Monti (PR) para obter recursos junto ao Governo Federal.

O projeto definiu que será construído um viaduto de 140 metros de extensão, que ligará o residencial Arlindo Durante na altura da Rua Luiz Carnieto até a Rua José Barbosa de Barros, nas imediações do Parque Municipal do Jardim Paraíso.

{n}Novos acessos {/n}

De acordo com o secretário municipal de Planejamento, Caco Colenci, a ideia é que um novo corredor de trânsito, de aproximadamente três quilômetros, aberto a partir da região do Terminal Rodoviário [entroncamento com a Avenida Vital Brazil], utilizando a Avenida Paula Vieira [região do Curtume] como opção para os motoristas chegarem até uma das pontas do viaduto, que estará interligado com a Avenida Dr. José Barbosa de Barros, no Jardim Paraíso.

“Nossa equipe estima que essa outra obra, que correrá paralelamente ? construção do viaduto, custe mais de R$ 30 milhões. A Prefeitura pleiteará, de forma planejada, outras fontes de recursos, devido a grandiosidade desta obra que promete ser um divisor de águas para o desenvolvimento do Município”, comenta.