Com mobilidade saturada, verticalização é opção para Botucatu

Ao longo das últimas décadas, Botucatu registrou um expressivo aumento de profissionais das áreas da saúde e serviço. A cidade se acostumou com um emaranhado de consultórios e escritórios, ou melhor, casas transformadas para o ambiente de trabalho. Mas nos últimos anos, a verticalização começou a tomar pautas dos mais diversos meios profissionais.

Processo urbanístico que ocorre em metrópoles, a verticalização consiste na construção de grandes e inúmeros edifícios que possam dar todas as condições de trabalho, como segurança, comodidade e bem-estar. A pergunta que fica: Como Botucatu está procedendo neste assunto ?

Há poucos meses de sua inauguração, o Boulevard Cidade causa grande expectativa, pois coloca de forma mais contundente essa discussão. Hoje é latente e inconteste que a chamada área central começa a ficar saturada em mobilidade e espaço físico. Qual será a contribuição desse novo empreendimento ?

Acontece Botucatu procurou entender melhor o que está sendo proposto. Morar, trabalhar, comprar e se divertir, ou seja, um complexo multiuso que traz conceitos inéditos. Dentro desse novo empreendimento, está inserido o Boulevard Office, uma torre que será usada comercialmente pelos mais diversos profissionais. São 72 salas e uma laje corporativa, espaços que serão destinados para escritórios e consultórios.

Mas o que a verticalização transfere em benefício para seus adeptos ? Acostumado a negociar inúmeros pontos comerciais em Botucatu, o corretor de imóveis Marcos Zanetti explica que essa discussão precisa avançar em Botucatu. “O Boulevard Office vai trazer uma resposta definitiva sobre a eficiência da verticalização em Botucatu, não apenas pelas condições físicas que todos conhecem, mas pela praticidade. Por exemplo, um profissional médico precisa de visibilidade, segurança e bem-estar do paciente. O mesmo se aplica ao comerciante ou empresário, que pode trabalhar melhor o marketing da sua marca em um local que ofereça comodidade na hora de estacionar e receber seu cliente de forma adequada. Quem consegue estacionar em frente ao consultório ou escritório hoje no centro? Por essas e muitas outras questões sou favorável a esse processo”, argumenta Zanetti.

Os custos também podem ser colocados no papel. Em um condomínio, gastos com limpeza, segurança e manutenção são fracionados. Por contrato você estará livre de despesas extras e encargos. “Se eu tiver um escritório, posso abrir mão de contratar uma recepcionista, por exemplo. A recepção de um condomínio comercial faz essa triagem, esse serviço. Vou abrir mão de contratar outros serviços como limpeza e segurança. Além de diminuir custos eu posso me esquivar de vínculos trabalhistas. Eu aposto na verticalização em Botucatu, e, tenho certeza que Boulevard Cidade será um divisor de águas nesse contexto, explica Marcos Zanetti.

Expoente no show business brasileiro, o empresário Hamilton Régis Policastro comanda a HRP Promoções Artísticas, famoso escritório que administra a carreira de diversos artistas. Ele comprou a ideia proposta por esse novo conceito. “A HRP está pronta para subir mais um degrau em sua trajetória. Estar no Boulevard, que é um marco para a história de Botucatu, é poder estar em um local mais nobre, em um complexo multiuso que é tendência no mundo, que agrega amplo estacionamento, restaurantes, entretenimento e onde, sem dúvida, poderemos receber com mais conforto nossos clientes e visitantes de todo o território nacional. Creio que será funcional e ainda mais interessante para os novos projetos que estão por vir.” coloca.

Jorge Nahas Neto é médico ginecologista, e explica sua opção de investimento para o Boulevard Office. “Estamos ansiosos para a inauguração deste empreendimento ímpar em nossa cidade. Acreditamos neste projeto e na competência deste arrojado empreendedor Fernando Borgato”, disse.
 

Luiz Francisco Von Rainer Herbach, ou simplesmente o Kiko Rainer da Camponesa, é o proprietário de uma das marcas mais famosas na gastronomia do interior paulista. Ele também apostou em montar seu escritório no empreendimento. “Em minha opinião, o Boulevard é uma ousada iniciativa de empreendimento misto, que irá agregar moradia de qualidade, prestação de serviços, comércio e entretenimento. Tudo isso em um ponto estratégico da cidade, de fácil acesso e muito carisma. Interessante para consumidores e investidores”, colocou Kiko.  

Já o dentista Elias Valdrighi Júnior, da Odontologia Valdrighi, diz que resolveu investir no Boulevard Office por acreditar no conceito que foi proposto. “Acreditamos no projeto. O conceito é inovador para Botucatu, e estamos felizes em contribuir dessa forma. Temos planos para levar a Clínica para lá no futuro”, explica.

O Censo 2010 do IBGE apontou um intenso do processo de verticalização das grandes cidades, com aumento considerável de domicílios em apartamentos e torres comerciais. Isso pode ser explicado pelo alto investimento após a crise de 2008. “Teve um boom imobiliário após essa turbulência. De repente o mercado começou a andar novamente, e a Resiplan buscou novamente antigos clientes que tinham sentido a crise. Começamos a pensar então no Boulevard Cidade, onde vendemos um conceito que foi bem recebido. Mesmo diante da crise atual, o empreendimento é um sucesso de vendas pelo que foi proposto”, diz o corretor de imóveis Marcos Zanetti.