Com médico mundialmente renomado, Câmara tratará a questão do suicídio em Audiência Pública

 

Consultor da Organização Mundial de Saúde [OMS], José Manoel Bertolote é considerado a maior autoridade mundial do tema.
Professor da FMB e Consultor da Organização Mundial de Saúde [OMS], José Manoel Bertolote é considerado a maior autoridade mundial do tema.
A Câmara Municipal de Botucatu será palco de uma importante Audiência Pública na próxima terça-feira, 14, a partir das 19 horas, que vai levar para o debate com a população e com autoridades, a valorização da vida e o combate aos altos índices de suicídio registrados na cidade. O evento contará com a presença de profissionais da saúde, assistência social e educação e é aberto a toda população.

A ideia da Audiência surgiu depois de uma reunião entre o presidente da Câmara Municipal de Botucatu, vereador André Rogério Barbosa – Curumim [PSDB] e a assistente social, Silvânia Giandoni, uma das idealizadoras da Rede de Proteção da Vida, um programa que, em parceria com profissionais voluntários e o Centro de Valorização à Vida, quer promover ações de educação e apoio no combate ao suicídio.

O responsável por abordar o tema na Câmara será o psiquiatra, professor da Faculdade de Medicina de Botucatu e consultor da Organização Mundial de Saúde [OMS], José Manoel Bertolote, considerado a maior autoridade mundial do tema, que falará sobre sua experiência de quase duas décadas atuando em Genebra, na Suíça, tratando exclusivamente do assunto. O psiquiatra coordenou uma equipe de gestão de transtornos mentais da OMS até 2008, mas continua consultor do órgão. O especialista teve os manuais de sua autoria traduzidos para mais de 60 idiomas. Em Botucatu, ele é o orientador de um grupo que estuda, dentre outros itens, o perfil das vítimas de tentativas de suicídio notificadas no município.

Em Botucatu o tema é tratado com extrema cautela e sigilo, já que a cidade está há alguns anos com uma média bem acima da nacional para cidades com mais de 100 mil habitantes. Número que preocupa os organizadores do movimento, que planejam para o mês de setembro, diversas ações com o objetivo ampliar a valorização à vida em pontos estratégicos da cidade, na rede de educação, no âmbito religioso e até esportivo. Será o setembro amarelo e contará com um grande número de entidades e empresas colaboradoras, além do Poder Público.

A cidade já conta com uma data específica para discussão do tema e é oriunda de uma lei de autoria dos vereadores Lelo Pagani e Fernando Carmoni, queinstituiu, no município de Botucatu, a “Campanha Municipal Setembro Amarelo – Dia de Prevenção ao Suicídio” a ser realizada anualmente, no dia 10 de setembro, tendo em vista ser o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. A Câmara Municipal de Botucatu está localizada na Praça Comendador Emílio Peduti, 112 – Centro. As sessões e audiências são transmitidas pelo portal da Casa no: www.camarabotucatu.sp.gov.br

 

Assessoria de imprensa Câmara Municipal