Chuvas causam destelhamento de duas casas

Fotos: Luiz Fernando

Ao final da tarde desta terça-feira (18), a Defesa Civil do Município atendeu a dois destelhamentos de casas na Rua 4, uma ao lado da outra, região do Jardim Santa Elisa em razão das fortes chuvas com rajadas de ventos de que atingiram pontos distintos da Cidade.

Numa das casas Ana Rosa Alves, de 56 anos, que mora com seu marido e neto, ouviu sua neta gritar e quando se levantou o telhado desabou em cima do sofá onde ela estava a poucos segundos chegando a quebrar alguns móveis. “Foi por muito pouco. O teto caiu bem onde eu estava deitada. Quase que tudo isso cai em cima de mim”, disse a assustada mulher.

Na casa vizinha, onde mora Susy Elaine Alves da Silva, de 36 anos, a situação de medo foi semelhante, já que o vento destelhou parte da residência. Como nenhuma das casas atingidas tem forro, a chuva acabou invadindo os cômodos das casas, sendo necessário a Defesa Civil improvisar uma cobertura de lona para evitar a entrada da água.

Também a Escola Municipal 24 de Maio teve parte de seu telhado de zinco arrancado pela força do vento. Uma placa de zinco chegou a ser levada por mais de 50 metros e só parou ao atingir uma casa. Embora os danos materiais tenham sidos consideráveis, não houve feridos.

O coordenador de Defesa Civil, Paulo Renato da Silva, destacou que as famílias atingidas receberão toda a assistência que necessitarem. “O mais importante é que não tivemos feridos e iremos fazer uma avaliação técnica da situação dessas casas para checar se será possível fazer uma reforma”, colocou.