Chuva e ventania derrubam árvores e destelham casa

A tempestade acompanhada de fortes ventos ocorrida no início da noite desta sexta-feira e madrugada de sábado atingiu diferentes pontos da Cidade e exigiu empenho da Comissão da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) e Guarda Civil Municipal (GCM), que atenderam casos de queda de árvores e destelhamento.

O coordenador da Defesa Civil do Município Paulo Renato da Silva acompanhado dos agentes esteve nos locais afetados pelo temporal e fez um levantamento nos estragos que as chuvas causaram para buscar uma solução para prestar auxílio a moradores. A chuva derrubou árvores nas rodovias vicinais Alcides Cagliari e Eduardo Zucari,  além de um destelhamento em uma residência no Jardim Aeroporto. Ninguém ficou ferido.

O coordenador da Defesa Civil, Paulo Renato da Silva, destacou que o plano preventivo para ser aplicado em período de chuvas foi mais uma vez testado e deu certo.  Cita que além da prevenção, o plano é colocado em prática quando aumenta a intensidade das chuvas.

“A chuva com rajadas de vento gera uma série de problemas como deslizamento de terra, destelhamento de casas, desabamentos, inundações, alagamentos, enxurradas, queda de árvores, entre outras situações de risco”, enumerou Paulo Renato. “Para nós a prevenção é a solução e em razão disso trabalhamos diuturnamente na conscientização da comunidade para minimizar riscos e propiciar atendimento ágil, rápido e eficiente”, emendou o coordenador.