Botucatuenses buscam qualidade para compras

O comércio de Botucatu está cada vez mais aquecido. Além das galerias e lojas de diversos segmentos de moda, a cidade está prestes a receber um shopping center, que, segundo Maria do Rosário Fátima Baldini, presidente do Sincomércio de Botucatu, vai gerar cerca de 1.600 empregos diretos e indiretos.

“Botucatu já é referência na região. Com a chegada desses novos investimentos, a característica de polo comercial vai se intensificar. Esse é um fato muito positivo, pois aumenta a geração de emprego e renda da nossa cidade”, avalia.

Entretanto, os lojistas procuram pessoas capacitadas para preencher essas vagas. Isso porque, com o número maior de estabelecimentos comerciais, as pessoas ficam mais seletivas e buscam, além do produto, qualidade no atendimento e conforto, como é o caso da professora Jacqueline Maia.

Consumista assumida, ela conta que vai pelo menos uma vez por semana ? s compras. “Já fui pior, de ir três ou mais vezes, mas agora estou mais controlada. Gosto de ver as novidades e estar na moda”, afirma.

Jacqueline conta que têm lojas em que é cliente assídua e outras onde não entra mais. “Isso é por causa do atendimento. Tem muita vendedora despreparada, que quer vender a qualquer custo. Uma coisa que me incomoda muito é quando provo uma roupa, percebo que não ficou boa, mas a vendedora quer empurrar a mercadoria de qualquer jeito”, relata.

De acordo com Silvie Liane Alves de Mello, coordenadora da área de moda do Senac Botucatu, além da qualidade do produto, as pessoas esperam que os estabelecimentos tenham vendedores qualificados para o atendimento ao público. “Hoje temos muitas lojas semelhantes e o que vai fazer uma pessoa escolher serão os mínimos detalhes e com certeza o excelente atendimento”, garante.

Com o objetivo de preparar e aperfeiçoar vendedores e comerciantes, o Senac Botucatu está com as inscrições abertas para o curso Vendedor de Moda. A programação, com duração de 40 horas, capacita o interessado sobre os mecanismos de uma empresa de varejo, a postura e os padrões de atendimento ao cliente.

“O aumento de estabelecimentos e a vinda das grandes lojas para a cidade transformarão o jeito de comprar de todos os moradores. Essa mudança implicará não somente na qualidade e diversidade de produtos oferecidos, como também na concorrência. Uma equipe bem treinada poderá ser o diferencial para a escolha dos clientes”, afirma Silvie.

As aulas serão ministradas a partir de 17 de março, das 19h30 ? s 22h30. As inscrições para o curso estão abertas e podem ser realizadas pelo site www.sp.senac.br/botucatu. Outras informações pelo telefone (14) 3112-1150.

Da Assessoria