Botucatu terá 1.200 vagas para qualificação profissional

Após gestões feitas em fevereiro deste ano pela Subsecretaria de Comércio e Serviços junto ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate ? Fome (MDS), o município acaba de ser credenciado para receber uma série de cursos gratuitos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) para preparar as pessoas que desejam ingressar no mercado de trabalho.

A chamada Bolsa-Formação Trabalhador, na Rua Dr. Cardoso de Almeida n.º 919 – Centro, oferecerá cursos de qualificação a pessoas em vulnerabilidade social e trabalhadores de diferentes perfis. Em ambos os casos, os beneficiários terão direito a cursos gratuitos e de qualidade, alimentação, transporte e todos os materiais escolares necessários que possibilitarão a posterior inserção profissional.

O público-alvo das capacitações são pessoas que têm o Cadastro Único e são beneficiárias do Programa Bolsa Família. Para fazer a pré-inscrição o interessado deve comparecer no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua residência. Para fazer o Cadastro Único os documentos necessários são: carteira de identidade, CPF, comprovante de residência, carteira de trabalho, título de eleitor, certidão de nascimento, certidão de casamento (de todos que forem casados), conta de energia (mês atual ou anterior) e declaração de escola onde os filhos estudam.

No total são 1.267 vagas para as capacitações. Os cursos têm carga horária de 180 horas e as aulas acontecerão nos períodos da manhã, tarde e noite, de modo a contemplar o maior número de pessoas possível. Os interessados devem ter idade mínima de 16 anos e renda familiar de até três salários mínimos (R$ 1.866,00). Cada pessoa pode ser inscrever para, no máximo, dois cursos.

As aulas acontecerão no período de julho a dezembro de 2012 e serão ministradas no Senai, Senac ou nas dependências dos CRAS. “O Pronatec é um dos pilares da inclusão produtiva com cursos voltados ? população de baixa renda. Nosso desafio é preparar as pessoas para sua inclusão no mercado de trabalho. O ideal é que esse público passe pela assistência social de forma transitória”, comenta a secretária municipal de Assistência Social, Maria Della Coletta.

Os cursos oferecidos pelo Pronatec em Botucatu são: almoxarife, desenhista mecânico, auxiliar administrativo, pedreiro de alvenaria, auxiliar de eletricista, pintor de obras, pedreiro de revestimento em argamassa, auxiliar de recursos humanos, costureiro industrial do vestuário, instalador hidráulico residencial, operador de supermercados, depilador, operador de computador, cuidador infantil, recepção e atendimento telefônico e vendedor.