Botucatu reúne mais de 500 alunos do Projeto Guri

O Teatro Municipal “Camillo Fernandez Dinucci” foi palco na última terça e quarta-feira (6 e 7), do Encontro Regional de Coros do Projeto Guri. O evento reuniu mais de 500 alunos dos polos de Barra Bonita, Boracéia, Botucatu, Sabino, Bauru, Promissão, Piratininga, Jaú, Santa Maria da Serra, Getulina, Lençóis Paulista, Lins, Bocaina, Dois Córregos, Pederneiras, São Manuel, Mineiros do Tietê, Torrinha e Igaraçu do Tietê.

Segundo Vinicius Henrique, coordenador do polo de Botucatu, o Município foi escolhido como sede do encontro regional devido a qualidade do coral da Cidade ter impressionado os técnicos instrumentais nas audições realizadas. “Este é um reconhecimento dos esforços de nossos alunos e da equipe do Guri de Botucatu. Nosso coral com apenas um ano e meio de vida já se destaca e está no mesmo nível de outros que existem há oito anos”, argumenta.

Na próxima terça-feira (13), ? s 18h30, também no Teatro Municipal o projeto Guri realiza sua audição de final de ano. Na oportunidade irão se apresentar os alunos das turmas de iniciação musical, coral infantil e infanto-juvenil, teclado, violino, viola, violoncelo e contra baixo.

{n}Sobre o Projeto Guri{/n}

O Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro. São milhares de guris, centenas de polos e 16 anos de um trabalho que tem na música seu instrumento de transformação e, nos guris, sua obra-prima.

O Projeto Guri é uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo e é administrado por duas organizações sociais ligadas ? Secretaria de Estado da Cultura. Os mais de 360 polos distribuídos pelo interior e litoral do Estado, com mais de 40 mil guris, são dirigidos pela Associação Amigos do Projeto Guri (AAPG), enquanto a gestão das unidades da Capital, com 13,5 mil guris, é realizada pela Santa Marcelina Organização Social de Cultura.

A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. É um programa socioeducativo que oferece desde 1995 continuamente, nos períodos de contra-turno escolar, cursos de iniciação e teoria musical, coral e instrumentos de cordas, madeiras, sopro e percussão.

A Associação Amigos do Projeto Guri, organização social de cultura, compartilha com a Secretaria de Estado da Cultura a gestão do Projeto Guri desde 2004. Além do Governo do Estado – seu idealizador – a AAPG conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas.