Botucatu oferece oficina de entalhe de madeira para deficientes

A Prefeitura de Botucatu em parceria com o Serviço Nacional da Indústria (Senai) de Itu deu início nesta segunda-feira (18) ? oficina de entalhe em madeira direcionado a portadores de necessidades especiais dos centros especializados geridos pela Secretaria Municipal de Educação, além da Associação dos Deficientes Físicos de Botucatu (Adefib) e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

O curso, que terá duração de seis semanas, é realizado nas dependências do Núcleo de Atendimento Pedagógico Especializado (Nape) “Alcyr de Oliveira”. As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, em dois períodos: das 8 ? s 12 horas e das 13 ? s 17 horas e terá capacidade para atender duas turmas com até dez alunos. A oficina ainda tem vagas limitadas aos interessados.

De acordo com Neli de Oliveira, assistente social da Secretaria Municipal de Educação, a oficina de entalhe em madeira está direcionada apenas para deficientes auditivos, físicos e intelectuais e é o primeiro de uma série de oficinas que acontecerão no Nape no decorrer do ano de 2013, em parceria com o Senai de Itu. “Já estamos programando a oficina de informática para os meses de maio e junho e de lapidação de pedras preciosas para julho e agosto”, completou.