Botucatu está na final do Premio Mario Covas

O projeto Observatório da Educação (Educatu), da Secretaria Municipal de Educação, foi qualificado e está entre os dez projetos que concorrem ao Premio Mario Covas 2014, na categoria Inovação em Gestão Municipal. Neste ano, a Secretaria de Educação de Botucatu inscreveu seis projetos: cinco deles na categoria Inovação em Gestão Municipal e um na Categoria Governo Aberto.

A apresentação oral será no dia 7 de maio, em local ainda a ser definido pela organização do evento. Nesta data, todos os projetos serão apresentados por seus idealizadores, onde três deles serão premiados.

Para a secretária de Educação, Alessandra Lucchesi de Oliveira, estar entre os dez finalistas é o reconhecimento de todo um trabalho realizado. “O site Educatu não é apenas um relator de noticias, mas um indicador do trabalho como um todo da Secretaria de Educação. Ele está se constituindo como um novo caminho após o processo de globalização, transparência e controle social das informações educacionais, como o i-Educar e Web Infantil, onde também os pais de alunos podem se inteirar da vida escolar de seus filhos”, argumenta.

O Prêmio Mario Covas tem o objetivo de promover práticas inovadoras dos servidores que aprimoram a qualidade dos serviços públicos. Em sua décima edição, o prêmio reconhecerá iniciativas que melhorem o acesso da sociedade civil aos serviços disponibilizados pelo Governo do Estado de São Paulo.

O prêmio é uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Gestão Pública (SGP) com a parceria da Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap) e da Fundação Prefeito Faria Lima – Centro de Estudos e Pesquisas de Administração Municipal (Cepam), da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp) e apoio da Secretaria da Cultura e Fundação Mario Covas.

Botucatu já ganhou Prêmio Mário Covas em duas oportunidades: na categoria Inovação em Gestão Municipal através do programa Orçamento Participativo Jovem (OP Jovem) – em 2013; e na categoria Inovação em Gestão Estadual, pelo desenvolvimento do Programa Municipal de Acessibilidade Rural – em 2012.