Botucatu contabiliza destruição causada por temporal

Fotos: Valéria Cuter

 

A reportagem do Acontece Botucatu esteve acompanhando o trabalho da Defesa Civil do Município em diferentes pontos da cidade em razão da destruição causada pelas fortes chuvas com rajadas de vento que se aproximaram dos 100 km/h, que desabaram na cidade, na noite deste domingo.  Muitos pontos da cidade tiveram a energia interrompida. O Corpo de Bombeiros também atendeu a dezenas de ocorrências.

Foram casos de inundação, diversos destelhamentos, queda de árvores placas publicitárias e de lojas, desabamento de muros, queda de postes da rede elétrica,  enchentes, entre outros.  Até um caso de uma antena de rádio amador de 20 metros foi destruída pela ação do vento, atingindo a casa de um morador. Uma mulher  do bairro chegou a infartar.

“O temporal começou por volta das 23 horas e deixou um rastro de destruição e mais de 100 comunicações de danos ou de casas em situação de risco foram feitas. Passamos por diferentes regiões da cidade e os casos mais acentuados foram na região do Jardim Monte Mor, onde diversas casas foram destelhadas pela ação do vento”, relata o coordenador de Defesa Civil Paulo Renato da Silva. “Agora essas pessoas terão que reconstruir o que foi perdido e nós estaremos ao lado delas para ajudar no que for preciso”, acrescentou.

Uma dessas  moradoras da Rua  10,  do Jardim Monte Mor, conta que passou por  momentos de verdadeiro terror. “O vento veio com muita força e levou parte de casa, carregou todo o  telhado e cortou a energia. Naquele momento eu estava na casa com meu marido e dois filhos.  Naquela escuridão toda e a chuva caindo com força o jeito foi  se  esconder embaixo de tábuas”,  lembra Rosimeire de Oliveira.

Outra moradora, esta da Rua 14, que passou pela mesma tensão foi Elaine Cristina Faria, que estava na casa com o marido  mais sete filhos pequenos. “Só quem passa por isso sabe o medo que dá. Não tem o que fazer.  É agüentar a chuva na escuridão e proteger as crianças da melhor maneira possível”, disse. Na Rua 05 um poste de energia quebrou e ficou pendurado pelos fios.

O coordenador da Defesa Civil de Botucatu Paulo Renato da Silva enfoca que é neste período que a região sofre com a intensidade de fortes pancadas de chuva. Grande preocupação é com relação às pessoas que residem em áreas consideradas de risco. Como existe a  possibilidade de novas chuvas nas próximas horas, a situação é de  atenção.

“Estamos orientando a população quanto ao perigo de viver nestes locais e alertando para que durante períodos de chuva ao verificar qualquer sinal de risco de acionar o telefone 199”, ensina Paulo Renato. “Para nós a prevenção é a solução e em razão disso trabalhamos diuturnamente na conscientização da comunidade para minimizar riscos e propiciar atendimento ágil, rápido e eficiente”, emendou o coordenador.