Botucatu conquista Selo Prefeito Empreendedor

Os grandes vencedores da etapa paulista do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor foram conhecidos na noite de quinta-feira (29), em evento realizado no pavilhão do Transamérica Expocenter, em São Paulo. A premiação reconhece os prefeitos que implementaram ações de apoio aos pequenos negócios e incentivaram a cultura empreendedora.

Em sua sétima edição, possui oito categorias: Melhor Projeto (prêmio principal), Compras Públicas dos Pequenos Negócios Locais, Formalização de Pequenos Negócios e Apoio ao Empreendedor Individual, Lei Geral Municipal, Médios e Grandes Municípios (exclusiva para municípios com mais de 150 mil habitantes), Crédito e Capitalização, Planejamento e Gestão Pública para o Desenvolvimento Sustentável e Promoção do Desenvolvimento Rural.

Na edição de 2012 foram 199 inscrições de todo o estado de São Paulo, número que equivale a 30,8% dos municípios paulistas e representa um aumento de 53% em relação ? s participações da 6ª edição do prêmio (2009-2010). Para o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, a iniciativa aproxima a agenda municipalista de um assunto fundamental para o país na questão do emprego e renda: o empreendedorismo. “Estamos trabalhando nesta direção para que o tema faça parte prioritariamente da agenda deste novo ciclo de prefeitos que irá se iniciar a partir do ano que vem”, disse Barretto.

“É muito mais tranquilo hoje fazer o debate sobre desenvolvimento econômico e formalização. O prêmio se transformou em um eixo importante. O prefeito que disputa a eleição pensa em desenvolver sua cidade e certamente o tema da micro e pequena empresa faz parte dessa estratégia”, assinalou Luiz Barretto.

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, vencedor da categoria Formalização de Pequenos Negócios e Apoio ao Empreendedor Individual, disse que o prêmio incentiva os gestores a investirem em políticas públicas e sustentabilidade. Segundo o vice-governador Guilherme Afif Domingos, a competição positiva gerada pela iniciativa faz com que os prefeitos a cada ano invistam mais em projetos de apoio ? s micro e pequenas empresas.

O presidente do Conselho do Sebrae em São Paulo, Alencar Burti, ressaltou que a cada ano o Prefeito Empreendedor fica mais emocionante. “Prefeitos e sociedade trabalham juntos, ajudando a gerar leis municipais que beneficiam os pequenos negócios”.

{n}Botucatu{/n}

Dentre os gestores, 91 foram selecionados para receber o certificado com o Selo Prefeito Empreendedor, em razão dos projetos consistentes apresentados ao concurso, que contemplam uma política desenvolvimentista integradora, abrangente e inovadora. Essas iniciativas foram relatadas no Livro do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor.

Botucatu foi um dos destaques da premiação, que teve como mestre de cerimônias a jornalista Carla Vilhena e a presença de personalidades como o vice-governador Guilherme Afif Domingues; o ex-governador José Serra e o prefeito de São Paulo Gilberto Kassab. Além de conquistar o Selo Prefeito Empreendedor, o prefeito João Cury Neto chegou ? final em duas categorias: “Promoção do Desenvolvimento Rural” e “Melhor Projeto”, considerado o prêmio mais importante da noite.

Ao avaliar as iniciativas empreendedoras desenvolvidas no município, o Sebrae destacou o fato da prefeitura entender que o incremento dos pequenos negócios deve fazer parte de uma ação integrada com o desenvolvimento de diversos setores. “Não queremos crescer a qualquer custo. Pelo contrário. Pretendemos, em primeiro lugar, oferecer ? nossa população serviços públicos de qualidade. E é possível conciliar isso com o desenvolvimento e a atração de empresas, desde que haja uma preocupação com equilíbrio do tripé ambiental, econômico e social”, comenta Cury.

Entre as ações apontadas como importantes para impulsionar o desenvolvimento e estimular ações empreendedoras foram citadas a criação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, que articula os diversos setores produtivos e traduz em realidade o discurso do planejamento sustentável; a formação da Associação dos Empreendedores Populares e o apoio da Prefeitura para a formalização de 50 ambulantes do Centro Comercial Popular; a viabilização da compra de parte dos itens da merenda escolar direto de pequenos produtores rurais, além da criação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM).

A consolidação de Botucatu como pólo de saúde no estado, a instalação do Poupatempo, a criação do Parque Tecnológico e o crescimento do turismo de aventura também foram apontados como fatores importantes para que o município ganhasse o Selo Prefeito Empreendedor. O município foi apontado entre os três melhores na categoria Promoção do Desenvolvimento Rural.

O secretário adjunto de Agricultura, Márcio Campos, que participou da cerimônia de premiação, elenca alguns pontos que considera importantes para o resultado. “A estruturação do Fundo de Desenvolvimento Rural Sustentável para apoio financeiro a projetos de associações e cooperativas rurais foi um grande avanço, assim como a criação da Sala do Produtor Rural, espaço de incubação de associações de produtores rurais. Também investimos na aquisição de máquinas agrícolas para prestação de serviços aos produtores rurais e nas compras governamentais de produtos alimentícios da agricultura familiar para a alimentação escolar. Também podemos destacar a criação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) para fomento da agroindustrialização e o apoio técnico e financeiro ao associativismo e cooperativismo”.

O prefeito João Cury Neto foi bastante cumprimentado e saiu satisfeito com sua primeira participação no prêmio. “Entre quase duzentos municípios ser selecionado para receber o selo já considero um grande reconhecimento ao trabalho que estamos realizando na Prefeitura, voltado a apoiar os micro e pequenos empreendedores. Chegar a duas finais e uma delas ser do prêmio principal, é um resultado fantástico. Isso é fruto do trabalho em equipe, desenvolvido pelo poder público, por entidades e pela sociedade. Todos estão de parabéns. Essa primeira experiência nos mostra que temos um longo caminho a ser percorrido, mas o mais importante é que estamos no rumo certo”.

{n}Conheça todos os vencedores em São Paulo:

Melhores Projetos
1º Lugar {/n}– Vitor Lippi (Sorocaba)
{n}2º Lugar {/n}– Emilio Bizon Neto (São Sebastião da Grama)
{n}3º Lugar{/n} – Marco Aurélio Bertaiolli (Mogi das Cruzes)

{n}Médios e Grandes Municípios{/n}
Milton Carlos de Mello (Presidente Prudente)

{n}Planejamento e Gestão Pública para o Desenvolvimento Sustentável{/n}
Eduardo Pedrosa Cury (São José dos Campos)

{n}Compras Públicas dos Pequenos Negócios Locais{/n}
Maria Rosa de Mendonça Silva (Cubatão)

{n}Promoção do Desenvolvimento Rural{/n}
Adriana Dearo Del Bem (Conchas)

{n}Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas {/n}
Jamil Akio Ono (Andradina)

{n}Crédito e Capitalização {/n}
Jamil Akio Ono (Andradina)

{n}Formalização de Pequenos Negócios e Apoio ao Empreendedor Individual{/n}
Gilberto Kassab (São Paulo)

{n}Prefeituras contempladas com o Selo Prefeito Empreendedor: {/n}

Aguaí, Agudos, Altinópolis, Andradina, Araraquara, Artur Nogueira, Atibaia, Bauru, Bocaina, Botucatu, Caieiras, Campina do Monte Alegre, Capão Bonito, Capivari, Catanduva, Conchas, Cubatão, Descalvado, Diadema, Dracena, Embu das Artes, Franca, Franco da Rocha, Garça, Guaiçara, Guararapes, Guararema, Guarujá, Guarulhos, Ibirá, Ibitinga, Igaraçu do Tietê, Ilha Solteira, Itaberá, Itapetininga, Itatiba, Itu, Ituverava, Jaboticabal, Jaguariúna, Jundiaí, Laranjal Paulista, Lençóis Paulista, Lins, Macatuba, Martinópolis, Mauá, Mogi das Cruzes, Mongaguá, Narandiba, Nova Odessa, Novo Horizonte, Olímpia, Osasco, Osvaldo Cruz, Peruíbe, Piracicaba, Pirassununga, Porto Feliz, Potirendaba, Pracinha, Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Ribeirão Preto, Rio Claro, Santa Adélia, Santa Cruz do Rio Pardo, Santa Rita d’Oeste, Santa Rosa de Viterbo, Santo André, Santo Antônio da Alegria, Santo Antônio do Pinhal, Santos, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Carlos, São José dos Campos, São Miguel Arcanjo, São Paulo, São Sebastião da Grama, Sertãozinho, Sorocaba, Sud Mennucci, Sumaré, Taboão da Serra, Taquarituba, Tarumã, Tatuí, Torrinha, Tupã e Votuporanga.
{n}Opinião: {/n}

“É motivo de muita satisfação ver o prefeito da minha cidade indicado em duas categorias e figurar entre os oito finalistas do prêmio principal. Estávamos disputando com municípios de grande porte, como Piracicaba, Sorocaba, Santos que contam com orçamentos que permitem grandes investimentos. A capacidade empreendedora do nosso município foi comprovada, mais uma vez e isso só aumentar o orgulho de ser botucatuense”.

{n} (Welligton Lopes, secretário municipal de Governo) {/n}

“A participação de Botucatu no Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor foi muito importante porque demonstra que o município está no caminho certo. O trabalho conduzido pelo prefeito vai além do convencional e busca novas alternativas para estimular o micro e pequeno empreendedor. Entre quase duzentos municípios ser classificado entre os oito melhores projetos é um resultado bastante positivo e que merece ser comemorado”.

{n} (Luiz Augusto Felippe, secretário municipal de Administração) {/n}

“O Prefeito João Cury foi destaque no Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor este ano nas ações de Desenvolvimento Rural e finalista entre os melhores projetos do Estado de São Paulo, mostrando que Botucatu tem projetos empreendedores tanto na área rural e urbana. Isso serve de estímulo para que nossas ações continuem criando o ambiente favorável ao desenvolvimento do trabalho dos micro e pequenos empreendedores”.

{n} (Márcio Campos, secretário adjunto de Agricultura e Abastecimento) {/n}

Fonte: Da Assessoria
Fotos: Marcelino Dias