Autoridades vão conhecer as obras do Fórum

No próximo dia 27 de julho (terça-feira) a Construtora Resiplan estará recebendo autoridades e pessoas ligadas a diferentes segmentos da sociedade botucatuense para um café da manhã na Avenida Irlanda, s/n, Jardim Riviera onde as obras do no Fórum da Comarca estão sendo realizadas (foto).

Entre as autoridades deverá estar o prefeito João Cury Neto, que não esconde sua ansiedade em entregar o prédio para a população, já que participou diretamente das negociações com o governo do Estado. A previsão é que o Fórum comece a funcionar no mês de abril, de 2011, quando acontecem as solenidades comemorativas do aniversário da cidade.

{bimg:7625:alt=interna3:bimg}

“Depois de mais uma década de indefinição, o novo Fórum de Botucatu, finalmente, vai se tornar realidade e virá suprir uma necessidade latente da população da cidade, já que hoje (o Fórum) está dividido em diferentes imóveis na região central da cidade, trabalhando de maneira precária”, comentou Cury, lembrando que o investimento do governo do Estado foi de mais de R$ 15 milhões. “Com o funcionamento do novo Fórum, a cidade estará colocando ponto final em um problema que se arrasta há vários anos”, acrescenta.

O novo prédio do Fórum terá espaço suficiente para alojar até sete varas (entre cível e criminal), com os respectivos cartórios e promotorias públicas, salas de advogados, JPC – Juizado de Pequenas Causas, restaurante, amplo estacionamento, entre outras coisas. O projeto do governo do Estado é padrão e irá atender plenamente as necessidades do município.

{bimg:7623:alt=interna1:bimg}

O presidente da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil – Subsecção de Botucatu, Samir Daher Zacharias, diz que o novo Fórum é resultado de uma luta de muitos anos. “A vida do Poder Judiciário terá uma sensível melhora na prestação de serviços e comodidade”, observou o presidente da OAB. “Com o advento de uma construção desse porte, com capacidade para até sete Varas, vamos ter projeção de segurança por, pelo menos, 30 anos, com instalações de primeiro mundo, para a correta aplicação da Justiça”, acrescentou Zacharias.

{bimg:7624:alt=interna2:bimg}

Para o juiz Josias Martins de Almeida Júnior, titular da 1ª Vara Criminal, da Vara da Infância e Juventude e diretor do Fórum da Comarca de Botucatu a construção do prédio mostra que a cidade está numa fase de conquistas. “Estamos ansiosos e contentes com a construção do novo Fórum, depois de anos de lutas de muitas pessoas junto ao governo do Estado para termos esse imóvel, de alta tecnologia e complexidade que, além das varas existentes, poderá abrigar mais outras duas Varas”, coloca o magistrado.

Prevê o juiz/diretor que acompanhar a construção desse prédio é tarefa complexa que envolve não só a direção do Fórum, como também, outros setores da sociedade botucatuense. Ele adianta que irá dialogar com seus parceiros magistrados no que se refere ? distribuição das Varas. “Temos certeza de que, contando com apoio dos colegas magistrados, serventuários, Prefeitura e Câmara Municipal, Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subsecção de Botucatu, entre outras instituições, poderemos comandar esse processo sem maiores problemas”, colocou Josias.

Fotos: arquivo Acontece