Assinado acordo de cooperação entre a Caixa e Prefeitura

O prefeito João Cury Neto e representantes da Caixa Econômica Federal assinaram na tarde desta quarta-feira (27) acordo de cooperação técnica com objetivo de implementar ações de assistência técnica que garantam eficiência e efetividade na gestão dos contratos operacionalizados pelo banco, visando o aperfeiçoamento da gestão pública municipal.

Participaram do ato de assinatura do acordo o superintendente regional da Caixa, Geraldo Luiz Machado de Oliveira; o gerente regional José Orlando Garla; o gerente geral da Agência Botucatu, Fabiano Simioni e o supervisor de Filial de Desenvolvimento Urbano de Bauru, Alexandre Dantas de Oliveira, funcionário destacado para atender a Prefeitura de Botucatu.

“Trata-se de mais uma ferramenta importante que a Caixa disponibiliza para Botucatu, tendo um funcionário especializado em repasse e financiamento para órgão público atuando exclusivamente para a Prefeitura. Inclusive, uma parte do tempo ele trabalhará no prédio do Executivo Municipal. O Alexandre será nosso elo de ligação com a Prefeitura”, informa Oliveira.

Essa nova parceria garantirá ao município assistência técnica para facilitar o acesso a financiamentos através do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), liberação de recursos do Orçamento Geral da União, agilização de projetos do Programa Minha Casa Minha Vida.

“A Prefeitura de Botucatu é uma grande parceira da Caixa. Temos uma parceria ganha-ganha em que a maior beneficiada é a sociedade, em razão de uma série de ações que em conjunto temos conseguido realizar. Isso acontece em várias áreas como drenagem, asfalto, casas populares. Temos grandes projetos em andamento e espero que tenhamos boas surpresas ao longo desse ano”, completa o superintendente.

Para o prefeito João Cury, o acordo capacita ainda mais o município para buscar recursos extra-orçamentários e integrar programas que possam trazer benefícios para a população nas mais diferentes áreas. O chefe do Executivo adianta que já montou um grupo capacitado para buscar recursos junto ao Governo Federal.

“O resultado disso é que já trouxemos muitos recursos extra-orçamentários. Com a vinda do Alexandre teremos mais uma pessoa preparada para auxiliar nesse trabalho. Por trás disso há uma confissão nossa de que os desafios são muito grandes e apenas com recursos próprios não conseguimos supri-los na velocidade que a população espera. Hoje não basta ter bom relacionamento, é preciso ter bons projetos, estar antenado com aquilo que se abre de oferta para os municípios”, enfatiza Cury.

Entre os objetivos específicos do acordo assinado entre a Prefeitura e a Caixa constam: ampliação da capacidade operacional e técnica do município para gestão de convênios e contratos públicos; aumento da qualidade e conformidade dos projetos e da documentação relativos aos contratos do município que são acompanhados pela Caixa; tornar mais céleres os processos de contratação, análise e acompanhamento de projetos e obras; identificar e propor solução aos entraves técnicos e administrativos que impedem a adequada execução dos contratos; instrumentalizar o município com conteúdos técnicos e procedimentos operacionais relativos aos programas operacionalizados pela Caixa; estreitar o relacionamento institucional e negocial entre a Caixa e o município e reduzir ruídos e conflitos de comunicação entre município e Caixa e sanar divergências de interpretação das normas e procedimentos.

Da Assessoria