Asfalto chega à Estrada dos Oyan e interliga bairros

Em 2004 a população de Botucatu listava como prioridade, dentro do Orçamento Participativo (OP), a abertura e pavimentação da Estrada dos Oyan, uma via de terra bastante irregular, com muitas pedras e buracos, na qual se projetava ser uma das principais ligações entre o Centro e as regiões Sul e Leste. Oito anos depois, este sonho, que parecia enterrado, começa a ser concretizado.

A Secretaria Municipal de Obras iniciou na terça-feira (2) a pavimentação de mais de 5 mil metros quadrados Estrada dos Oyan. Os serviços devem ser concluídos ainda nesta semana. Estima-se que sejam utilizadas mais de 580 toneladas de massa asfáltica no trecho que liga a Avenida Roberto Sidney Bueno até a ponte do Ribeirão Lavapés, que dá acesso à Rua Antonio Bernardo e que cruza a Rua Curuzu, no Centro.

Além do asfalto, a Estrada dos Oyan já ganhou mais de 300 metros de galerias para a drenagem das águas pluviais e aproximadamente 1.200 metros lineares de guias e sarjetas. Assim que estiver concluída, a Estrada dos Oyan terá largura de 10 metros, além de mais dois metros destinados para calçadas. O investimento total, com recursos próprios do Município, é de cerca de R$ 350 mil.

A Estrada dos Oyan beneficiará principalmente moradores de bairros como Jardim Palos Verdes, Jardim Reflorenda, Cohab 1 e Comerciários. É o caso de Ana Paula Gonçalves, 43 anos, moradora do Palos Verdes. A dona de casa, que reside há 18 anos de frente para a Estrada dos Oyan, conta que os transtornos eram diversos.

“Quando chovia era um tormento, buracos e lama, intransitável. Quando secava, a poeira invadia a casa. O caminhão de lixo não passava aqui. Muita gente que desce à pé para o Centro preferia fazer um caminho alternativo pelo Senai porque o acesso por essa estrada era complicado, perigoso, ainda mais para as mulheres. Agora vai ficar ótimo”, afirma.

Além da Estrada dos Oyan, a atual administração Municipal concluiu a abertura, construção de galerias e pavimentação da avenida que une a Rodovia João Hypólito Martins (Castelinho) ao novo Fórum, no Jardim Riviera/Santa Elisa, primeira etapa da futura ligação até o Distrito de Rubião Júnior. Na região Leste, a Prefeitura também iniciou as obras de construção da primeira etapa da Avenida Perimetral que futuramente permitirá a ligação entre as rodovias Alcides Soares e Marechal Rondon.