Árvores que estão em risco de queda serão cortadas

Fotos: Valéria Cuter

Um trabalho conjunto entre a Defesa Civil do Município e Secretaria Municipal de Meio Ambiente está sendo realizado em diferentes pontos da Cidade, principalmente, em praças públicas, com a finalidade de detectar árvores que estejam em situação de risco de queda, podendo ocasionar acidentes. Em dias de chuva com vento é fator comum ocorrer quedas de galhos ou de árvores inteiras nas calçadas ou ruas.

De acordo com o coordenador de Defesa Civil do Município, Paulo Renato da Silva, o trabalho visa a prevenção. “Estamos fazendo um levantamento geral na Cidade, identificando pontos onde as árvores estejam em situação de risco de queda. Algumas deverão ser retiradas inteiras, por estarem secas e sem vida. Já em outros casos, faremos a poda e apenas alguns galhos deverão ser removidos”, coloca Paulo Renato.

De acordo com o coordenador as árvores serão demarcadas e antes da poda ou do corte, passarão por uma análise da engenharia florestal da Secretaria de Meio Ambiente. “O objetivo é trabalhar somente com as árvores que possam oferecer riscos e preservar as demais”, explica. “Acredito que entre poda e corte serão 150 árvores a serem trabalhadas”, prevê.

Segundo Paulo Renato vários casos de queda de árvores sempre acontecem em dias de chuva com vento. “O que estamos fazendo é um trabalho preventivo para eliminar pontos de risco”, aponta. “Nossa preocupação é com integridade física das pessoas”, emenda.