Alvo de reclamações, Praça da Casa dos Meninos recebe Base Móvel da GCM

A Guarda Municipal de Botucatu instalou nesta sexta, 19, sua Base Móvel na Praça Raul de Barros, mais conhecida como Pracinha da Casa dos Meninos. A estrutura ficará no local até este domingo, 21.

O local virou ponto de encontro dos jovens nos últimos anos, o que causou um certo desconforto aos moradores no entorno na praça. Som alto, gritaria, gente bebendo, entorpecente e até prática de sexo nos arredores são algumas das reclamações que chegam. O problema é antigo, fruto da falta de espaços públicos para os jovens.

Um senhor que não quis revelar sua identidade, diz que aos sábados e domingos pela manhã o local fica bastante sujo. O cenário é desolador segundo ele. “Eu moro no quarteirão de cima, e venho passear com meu cachorro pela manhã. As vezes parece uma praça de guerra, com garrafas quebradas, lixo, resto de comida e lanche, garrafas plásticas, urina nos portões das casas e outras coisas que não gostaria de relatar, mas que você pode imaginar”, diz o morador. 

Segundo Webber Pimentel, subcomandante da GCM, a Base Móvel serve como auxilio no combate a desordem pública, quando apenas as viaturas não conseguem resolver o problema. “Atuamos nessas circunstâncias. Atendemos as demandas de determinadas regiões, quando o patrulhamento não consegue resolver o problema de desordem do local”, coloca.

A Base Móvel já passou por diversas Praças, como Guanxuma (Jardim Paraíso), Rosa Rodrigues Devide (Jardim Paraíso), Rubião Júnior (Centro histórico), Paratodos (Centro) e Raul de Barros (Jardim Bom Pastor).

Webber Pimentel diz que as reclamações são muitas por parte dos moradores, e com problemas parecidos com os encontrados na Raul Torres. “Geralmente são pessoas usam entorpecentes, bebidas alcoólicas e causam perturbação do sossego”, explica o subcomandante.