Alunos do programa patrulha da paz visitam a Guarda Municipal

Entre os dias 4 a 13 deste mês, a Guarda Civil Municipal recepcionou em sua sede aproximadamente 900 alunos, de 12 escolas de Botucatu. Essa visita faz parte do programa Patrulha da Paz desenvolvido pela GCM, que em 2016 entra em seu sétimo ano consecutivo.

O objetivo da visita é que os alunos conhecessem e compartilhassem, junto a amigos e familiares, as informações do trabalho prestado pela Guarda Civil Municipal. Na oportunidade os alunos puderam conhecer as instalações, os equipamentos e as viaturas, reforçando o conteúdo da cartilha aplicado em sala de aula.

De acordo com a aluna Maria Clara, a visita à base da GCM serviu como aprendizado. “Não tinha noção de tantas coisas que a Guarda faz, principalmente da parte que cuida dos animaizinhos. Fiquei impressionada”, confessa a aluna de 10 anos.

Para a Inspetora Cintia Ribeiro, responsável pelo programa, a experiência é muito válida, uma vez que os alunos podem ter um contato direto com os agentes da Guarda Municipal. “Assim eles podem sanar suas dúvidas, quanto aos procedimentos e equipamentos utilizados por eles no seu dia a dia”, explica.

Para o GCM Nobrega, instrutor do programa, as visitas práticas complementam o conteúdo antes passado em sala de aula. “A gente acaba explicando, de uma forma lúdica, as atividades da Guarda Civil Municipal, principalmente, as de âmbito social”, argumenta.

Já para o comandante geral da GCM, Sérgio Luís Bavia, é uma alegria imensa, receber os pequenos patrulheiros no ambiente de trabalho. “Mostramos assim que a Guarda Civil Municipal sempre está de portas abertas à comunidade”, diz.

Sobre o Patrulha da Paz

O Patrulha da Paz promove encontros quinzenais. Todo início do ano são distribuídas cartilhas que auxiliam o aprendizado teórico e em paralelo são promovidas aulas práticas que contam com a parceria de órgãos públicos como o Poupatempo, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semutran) através da Escolinha de Trânsito.

Os estudantes ainda são avaliados em outros quesitos como cuidados com a apostila, comportamento e quantidade de faltas. Tudo isso é somado e levado em conta ao final de cada ano para a premiação dos alunos mais envolvidos com o programa, que também homenageia professores e escolas.

Neste ano participam do Patrulha da Paz as seguintes escolas: EMEF Angelino de Oliveira (Vila Antártica), Prof. José Antonio Sartori (Jd. Eldorado), Prof. Raymundo Cintra (Vitoriana), Prof. Francisco Guedelha (Pq. Marajoara), Prof.ª Elda Moscogliato (antiga CESP), Prof. Luiz Tácito V. dos Santos (Jd. Flamboyant), Prof. João Maria Araújo Jr (Vila São Lúcio), Prof. Paulo Guimarães (Jd. Brasil), Obra Madre Marina Videmari (Vila Real), Raul Torres (Anhumas), Dr. Cardoso de Almeida – “Cardosinho” (Centro) e Prof.ª Leonor Vizzenzotto Bicudo (Jd. Cambuí).

No acumulado desde 2010, quando ainda era um embrião trabalhado na Emef Professor José Antonio Sartori, o Patrulha da Paz já contabiliza mais de 6 mil crianças, que são verdadeiras multiplicadoras de cidadania, dentro e fora das escolas.

Mais informações

Guarda Civil Municipal

Rua Victor Atti, nº 145 – Vila dos Lavradores

Tel.: Telefones: 3882-0932 / 199 [gratuito]

(Ass. de Imprensa da Prefeitura)