1ª noite de festa dos 157 anos da Cidade terá orquestra e miss

Nesta quinta-feira (12) será celebrada no largo da Catedral a “Noite Cultural”, que dará início ? s comemorações do 157º aniversário de emancipação político-administrativa de Botucatu. As festividades começam por volta das 18 horas e terão como atrações principais o Concurso Miss Botucatu 2012 e a apresentação da Orquestra Sinfônica Municipal.

O Concurso Miss Botucatu terá início ? s 19 horas e contará com a participação de 28 candidatas. A vencedora será premiada com um contrato de publicidade com a empresa S’Olleir Cosméticos, uma bolsa de inglês ou espanhol na escola de línguas CNA, e a possibilidade de participar do Miss São Paulo, além de um brinde para manutenção da estética fornecido pela D’pil – A fotodepilação inteligente.

Também foi realizada uma parceria entre a Comissão Organizadora do evento e a loja de locação de roupas para festas Spazzio Bianco, que fornecerá gratuitamente os vestidos de gala para as meninas que irão concorrer a mais bela da Cidade.

Logo após haverá a apresentação da Orquestra Sinfônica Municipal, a qual possui atualmente 50 membros e tem como regente titular o Maestro Marcos da Cunha Lopes Virmond.

Além dos shows, a festa no largo da Catedral também contará com praça de alimentação solidária, área infantil, feira de artesanato, além de um palco interno que terá apresentações musicais de diversos artistas botucatuenses durante todos os dias de evento que seguem até domingo (15).

{n}Sobre a Orquestra{/n}

A Orquestra Sinfônica Municipal de Botucatu (OSMB) originou-se no ideal de dois músicos botucatuenses: José Antônio M. de Marchi e Celso W.Cardoso, que quando estudantes do conservatório Carlos de Campos , em Tatuí-SP, vislumbraram a possibilidade de criar um conjunto musical em Botucatu.

Contando com o apoio do então prefeito, Antônio Jamil Cury, deu-se início aos preparativos para o início dos ensaios. À frente da formação do grupo, achavam-se o então vice-prefeito Joel Spadaro e a assessora de Cultura, Maria Amélia Blasi de Toledo Piza.

Reuniu-se um grupo de músicos e musicistas da Cidade e de Tatuí e, sob a regência do Maestro José Antônio Pereira, os ensaios tiveram início em outubro de 1986. A estreia aconteceu em 21 de dezembro do mesmo ano, durante o Festival de Natal no salão social do Botucatu Tênis Clube (BTC).

Nomes como o do senhor Progresso Garcia, entusiasta atuante na Câmara, ajudaram que oito meses depois fosse assinada a Lei Municipal que deu criação ? Orquestra Sinfônica Municipal de Botucatu. Na oportunidade, Técio Nunes da Silva, assumiu a administração do grupo.

Desde o início, a OSMB teve vida intensa, realizando concertos em Botucatu e em toda a região do Centro-Oeste paulista, participando diversas vezes do Festival de Inverno de Campos do Jordão, Festival de Música de Londrina e do programa “Viola Minha Viola”, da Rede Cultura de Televisão. Também apresentou-se na melhor sala de concertos brasileira, a Sala São Paulo.

A Orquestra Sinfônica de Botucatu tem como atual regente titular o Maestro Marcos da Cunha Lopes Virmond. Esse novo olhar coloca a Orquestra dentre os principais grupos sinfônicos do estado de São Paulo e propicia que a boa música possa ser acessível ? todos.

{n}Programação para os próximos dias {/n}

Dia 13 de abril (sexta-feira)
Fernanda Brum
Abertura: Cantores gospel, Ministério de Dança da Igreja Bíblica, Ministério de Teatro da Igreja Nacional
Horário: 19h30

Dia 14 de abril (sábado)
César Menotti e Fabiano
Abertura: ABR-3
Horário: 20h

Dia 15 de abril (domingo)
Jota Quest
Abertura: Banda Rockwell
Horário: 20h