‘Melhor Caminho’ recupera trechos de estrada rural

A Prefeitura Municipal de Botucatu, através da ação conjunta entre a Subsecretaria de Agricultura e a Secretaria de Obras, iniciou a execução de mais uma fase do programa “Melhor Caminho”. A informação veio da Secretaria Municipal de Comunicação.

Com investimento total de R$ 1.055.671,29, máquinas já fazem há quase duas semanas a conservação de um trecho de quase 11 quilômetros da BTC-360, que liga o bairro rural Monte Alegre até a cidade de Pratânia. A previsão é que os serviços sejam concluídos em até quatro meses.

O convênio prevê R$ 947.818,98 provenientes da Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo – CODASP, vinculada ? Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Governo do Estado de São Paulo, e a contrapartida na cifra de R$ 107.852,26 feita pelo Poder Público Municipal.

Esta é uma segunda etapa do Melhor Caminho em Botucatu viabilizado pela atual Administração Municipal João Cury Neto/Professor Caldas. Entre 2009 e 2010, pouco mais de R$ 950 mil já haviam sido investidos para a recuperação de cinco quilômetros da Estrada do bairro rural Faxinal e outros cinco quilômetros iniciais da própria Estrada do Monte Alegre.

O Governo Estadual, através da CODASP, presta serviços públicos de qualidade em projetos, planejamento, execução e controle de obras de adequação de estradas rurais de terra, com ênfase na conservação do solo e da água.

“O serviço contempla uma pavimentação primária com base de cascalho, drenagem, caixas de contenção, curvas de nível e alargamento de até 12 metros da via para facilitar o fluxo de veículos. Toda essa engenharia permite que a estrada não sofra desgastes principalmente nas épocas de chuvas”, explica Marcio Campos, secretário Adjunto de Agricultura.

Segundo o prefeito João Cury Neto, o momento para esta segunda fase de obras do Melhor Caminho é oportuno, uma vez que a recuperação da Estrada do Monte Alegre era uma das principais reivindicações dos produtores rurais dentro Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural.

“A melhoria das estradas rurais facilita o escoamento da produção agrícola e permite melhores acessos ? s propriedades rurais. Esses investimentos do Melhor Caminho também garantem mais segurança a quem utiliza a estrada, possibilita um melhor serviço de transporte escolar e de acesso a ambulâncias, além de valorizar as propriedades”, coloca.

De acordo com a Subsecretaria de Agricultura de Botucatu, o melhoramento da Estrada do Monte Alegre beneficia diretamente cerca de 200 propriedades. O bairro é conhecido pela produção de cana de açúcar, laranja, e criação de aves para corte.